Home » » Criança fica sozinha em casa e é encontrada morta em Guarabira, PB.

Criança fica sozinha em casa e é encontrada morta em Guarabira, PB.


A Polícia Civil investiga a morte de uma criança de um ano e sete meses, que aconteceu na tarde desta segunda-feira (22) na cidade de Guarabira, no Brejo paraibano. A criança foi encontrada morta pela mãe embaixo de um fogão no quintal da casa, no bairro Alto da Boa Vista. A menina foi deixada em casa com outros dois irmãos, um de três anos e outro de três meses. Inicialmente a polícia investiga se houve abandono de incapaz.

Segundo o depoimento que a mãe deu para a polícia, ela teria saído de casa para levar água para o marido, que estava trabalhando em uma construção. A mãe da menina, que é dona de casa, disse que trancou a porta da frente e a de trás da casa antes de sair e na volta, a criança de três anos relatou que a irmã tinha caído no quintal.

Ao entrar em casa, a mulher constatou que a filha já estava sem vida, debaixo de um fogão velho que estava no quintal. A suspeita da mãe é que a criança mais velha tenha conseguido abrir a porta e as duas foram brincar no quintal e o fogão caiu por cima da menina de 1 ano e sete meses. Ainda conforme o relato da mãe para a polícia, ela retirou o fogão de cima da criança e levou ela para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guarabira, mas a menina já chegou sem vida na unidade de saúde.

De acordo com o delegado Ricardo Sena, os pais foram ouvidos e mantiveram a versão de que a mãe das crianças tinha saído para levar água para o marido, que estava trabalhando. O Conselho Tutelar também está ciente do caso, mas a perícia no corpo da criança só deve ser realizada amanhã.

De acordo com informações levantadas na 1ª Delegacia Distrital de Guarabira, o corpo da menina ainda está no Instituto Médico Legal (IML) de Guarabira, aguardando perícia. A polícia investiga a hipótese de abandono de incapaz. Se condenados, os responsáveis podem receber uma pena que varia de 4 a 12 anos de reclusão.




G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário