Home » » Presidente da Undime/PB, Profª Amarides Dias, pede desligamento da Presidência da Seccional por questões de ordem pessoal e profissional.

Presidente da Undime/PB, Profª Amarides Dias, pede desligamento da Presidência da Seccional por questões de ordem pessoal e profissional.


Na manhã da última quinta-feira (25), a Presidente da Undime/PB, Profª Amarides Dias (foto), encaminhou à Diretoria Executiva e aos Membros do Conselho Nacional de Representantes o seu comunicado de desligamento da Presidência da Seccional por questões de ordem pessoal e profissional. A Professora Amarides informou que solicitou sua exoneração do cargo de Dirigente Municipal de Educação de Picuí, tendo em vista a necessidade de assumir cargo oriundo de concurso público naquele município, razão pela qual não poderá mais responder pela Entidade, obedecendo ao disposto no Art. 8º – II (Parágrafo Único) do Estatuto da UNDIME/PB.

Amarides Dias integra a Undime/PB desde 2009, quando foi eleita Delegada para representar a Entidade; em 2011, elegeu-se Vice-Presidente e, no final de 2012, passou a responder pela Presidência da Entidade, quando da saída do então Presidente Flávio Romero Guimarães. Em 2013, foi eleita Presidente, tendo sida reeleita no último Fórum realizado pela Entidade em abril de 2015.

Amarides Dias deixa a seccional da Paraíba com as finanças equilibradas e a documentação administrativa em ordem, além das carteiras de trabalho regularizadas, assim como os salários reajustados e em dia das duas funcionárias que atuam na sede, dando suporte aos 223 municípios paraibanos. A ex-Presidente também deixa a Entidade, após ter cumprido compromisso de campanha, em que prometeu se empenhar pela aquisição da sede própria. A sala 507, no 5º andar do Edifício Centro Jurídico Ministro Rafael Mayer, está localizada em área de franca expansão de Campina Grande, no bairro Estação Velha, onde funciona o Complexo Jurídico da cidade. A sala foi adquirida em dezembro de 2015, com recursos próprios, em cujo endereço a Entidade passou a funcionar. Desde 2009, a Undime/PB funcionava em sala alugada, e, nos anos anteriores, funcionava em espaços cedidos pelas prefeituras nos municípios em que os presidentes à época atuassem como dirigentes municipais de Educação, o que prejudicou a Entidade no que diz respeito à existência e organização de arquivos, e à referência de um local fixo para funcionamento.

A Professora Amarides fez questão de relembrar que em sua trajetória na Undime/PB trabalhou com ética e seriedade, cumprindo os compromissos que o cargo exige, em defesa da melhoria da educação básica pública com qualidade social. “Encarei a Undime/PB como uma extensão do meu trabalho como Dirigente Municipal de Educação, procurando sempre ouvir os que integram a Entidade, particularmente a Diretoria, pautando todas as decisões de forma democrática; e, nos últimos anos, batalhei junto à Diretoria Executiva da Entidade para deixar um bem que integre o patrimônio da Seccional, o que é um marco na história da Entidade, considerando que, no âmbito nacional, das 27 seccionais, apenas a seccional Minas Gerais e a Nacional possuem sede própria. Cabe, portanto, a cada Dirigente Municipal de Educação defender e zelar por esse patrimônio e pelas adequadas condições de funcionamento da UNDIME/PB, como também honrar e representar nossa Entidade”, afirmou Amarides Dias.

Em seu comunicado, a ex-Presidente informou que, a partir desta data, a Presidência da Undime/PB passa a ser exercida pela Professora Iolanda Barbosa, que havia sido eleita no último Fórum realizado em abril de 2015, como Vice-Presidente da Undime/PB, e com a saída de Amarides, passa a condição de Presidente da Seccional.

A nova Presidente da Entidade está respondendo pelo cargo de Dirigente Municipal de Educação de Campina Grande desde maio de 2014, onde vem realizando um trabalho que tem chamado a atenção pela sua dinâmica de integração junto aos profissionais daquela rede de ensino. Iolanda Barbosa possui Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Paraíba, Mestrado e Doutorado em Sociologia pela UFPB. Atualmente é professora efetiva da Universidade Estadual da Paraíba, no Campus I, em Campina Grande. Tem experiência na área de Sociologia, Metodologia Científica e Ciência Política com ênfase na Sociologia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: política, educação, cultura, política educacional, pesquisa em educação, novas tecnologias da informação e comunicação.

Iolanda considerou que será um grande desafio está à frente de uma Entidade de tanta relevância como a Undime/PB, mas acredita que os 223 Dirigentes municipais de Educação irão ajudá-la a dar seguimento ao trabalho realizado pela Profª Amarides e que pretende continuar defendendo e enfrentando os compromissos que o cargo exige, defendendo uma educação pública de qualidade social.



Fonte: Ascom da Undime/PB
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário