Home » » ARARUNA PB: Polícia detém dupla suspeita de matar jovem em tentativa de assalto.

ARARUNA PB: Polícia detém dupla suspeita de matar jovem em tentativa de assalto.

Vítima
A polícia deteve neste domingo (24) uma dupla suspeita de atirar e matar Danilo Gomes, 25 anos, estudante, durante uma tentativa de assalto na cidade de Araruna, no Agreste paraibano, na noite do dia 19 de abril deste ano. Segundo informações da Polícia Militar, um adolescente de 14 anos e um jovem de 25 anos foram presos em Araruna na tarde do domingo. Os dois foram encaminhados para a delegacia de Solânea, onde estão presos até a manhã desta segunda-feira (25).

O caso aconteceu por volta das 21h15 do dia 19 de abril, em frente a uma lanchonete na entrada de Araruna. Segundo a PM, a vítima estava em uma moto conversando com um amigo quando dois homens também em uma moto, sendo que um deles armado, chegaram e anunciaram o assalto pedindo os celulares. Ainda de acordo com a polícia, a vítima entregou o aparelho para o assaltante armado, mas ele teria mandado o jovem descer da moto. A vítima então teria batido com o capacete no assaltante, que atirou em seguida.

Conforme informações da polícia, com base em relatos de uma testemunha ocular do crime, o adolescente estava pilotando a motocicleta, enquanto o jovem foi responsável por atirar contra o estudante na abordagem. Os dois estavam em casas de familiares. Eles eram vizinhos no conjunto residencial Frei Damião. Segundo a PM, o adolescente é morador de Araruna. O jovem, por sua vez, mora em uma casa no bairro do Rangel, em João Pessoa, e já tinha sido preso outras vezes por assaltos e tráfico de drogas.

O estudante, que foi baleado na cabeça e caiu no local, chegou a ser encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu e morreu na noite do dia 21 de abril. A dupla fugiu em seguida levando apenas o celular da vítima. Não foi informado pela polícia se o celular da vítima e a arma usado no crime foram encontradas. Os suspeitos devem ser ouvidos pelo delegado de Solânea, Diógenes Fernandes.




G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário