Home » » CUBATÍ: Funcionários da CAGEPA são atacados por empresário durante execução de corte de água.

CUBATÍ: Funcionários da CAGEPA são atacados por empresário durante execução de corte de água.

Imagem ilustrativa
No final da tarde desta quarta-feira (27/04), dois funcionários da CAGEPA, Companhia de Água e Esgotos da Paraíba, enquanto realizavam serviços de execução de corte do fornecimento de água em um estabelecimento comercial na cidade de Cubatí, no Seridó paraibano.

Segundo relatos dos funcionários, os dois executaram o corte do fornecimento de um estabelecimento comercial (panificadora), ainda durante a manhã da quarta-feira (27). Por volta das 17h20, foram informados que no local onde o corte foi executado havia um vazamento de água e para sanar o problema se dirigiram ao local.

Ainda segundo relatos dos dois funcionários, ao chegar no local, encontraram a tubulação e o hidrômetro quebrados, tendo uma quantidade considerável de água na rua. Com a finalidade de estancar o vazamento, iniciaram os serviços de manutenção e enquanto estavam trabalhando, o proprietário do estabelecimento chegou e informou que havia quebrado a tubulação e voltaria a quebrar se fosse realizada a manutenção.

Um dos funcionários, que é parente do proprietário do estabelecimento, percebeu que o mesmo estava sob efeito de bebida alcoólica e juntamente com o colega de trabalho que é natural de Cubatí, tentaram acalmar o empresário dono do estabelecimento, entretanto, este teria partido para as vias de fato contra os trabalhadores.

Ainda segundo o relato dos servidores, o empresário nitidamente contrariado com a execução do corte da água, entrou no estabelecimento e se armou com uma faca peixeira e atacou um dos funcionários atingindo-o com um golpe de faca na altura das costelas, um pouco abaixo da axila direita. O outro funcionário saiu com escoriações em um dos braços.

Após o ocorrido, populares conduziram o trabalhador ferido ao hospital, onde se verificou que o corte era superficial, não oferecendo risco de vida. A polícia civil foi acionada e acompanhou o atendimento do funcionário na unidade hospitalar. Os trabalhadores fizeram exame de corpo delito e prestaram queixa na delegacia de Cubatí, onde o caso será investigado.



Da redação Paraíba Geral
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário