Home » » Conselho Estadual de Recursos Hídricos visita obras da transposição do Rio São Francisco.

Conselho Estadual de Recursos Hídricos visita obras da transposição do Rio São Francisco.


Uma equipe de técnicos paraibanos e integrantes do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH), sob a coordenação da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), visitou durante dois dias as obras de transposição das águas do Rio São Francisco para o Nordeste Setentrional, região mais seca do Semiárido nordestino.

Os técnicos visitaram o Eixo Norte da obra, que alcança a Paraíba pelo município de São José de Piranhas, Alto Sertão do Estado, e parte do Eixo Leste, cuja entrada se dá no município de Monteiro, no cariri paraibano.



Segundo o engenheiro do Ministério da Integração Nacional, Jorge Massuyama, as obras cumprem o cronograma estabelecido e as construtoras estão anunciando que devem entregar seus trechos dentro do prazo acertado.

A notícia foi comemorada pelo presidente da Aesa e do CERH, João Fernandes, que constatou in loco o ritmo acelerado da obra. “Essa é uma boa notícia para nós que fazemos a Aesa, na Paraíba, pois o estado tem necessidade dessa água com urgência, diante da gravidade da situação hídrica que enfrentamos”, comentou.


Com os equipamentos em operação, os dois eixos do projeto apresentam execução de 87,2% (Norte) e 83,2% (Leste). A obra é construída por etapas e os cronogramas de execução do empreendimento priorizam a sequência construtiva do “Caminho das águas”, ou seja, das captações até os estados que serão beneficiados.

Além dos 477 quilômetros de obras lineares projetadas, o empreendimento engloba a construção de quatro túneis (um dos quais com 15 km de extensão), 14 aquedutos, nove estações de bombeamento e 27 reservatórios.



As duas tomadas de água, uma em Cabrobó (PE), que vai abastecer o Eixo Norte, e a outra na Barragem de Itaparica, em Floresta (PE), já estão prontas, foram testadas e estão em funcionamento. A equipe de técnicos visitou a elevatória em Cabrobó e ficou encantada com o porte da obra.

Tida como a maior obra de infraestrutura hídrica do Brasil, o projeto de Integração do Rio São Francisco, beneficiará mais de 12 milhões de brasileiros em 390 cidades dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A expectativa é concluir a totalidade do empreendimento até o início de 2017.



ascom
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário