Home » » DETALHES: Mulher é assassinada a pauladas depois de brigar com marido em Soledade.

DETALHES: Mulher é assassinada a pauladas depois de brigar com marido em Soledade.


Uma mulher de 39 anos foi assassinada a pauladas na zona rural do município de Soledade, no Agreste paraibano, e o suspeito de ter cometido o crime é o companheiro da vítima, que acabou sendo preso depois que a mãe dele e outros familiares denunciaram o caso. As informações estão de acordo com a Polícia Civil (PC) e a prisão foi realizada na manhã da última quinta-feira (12). Ainda conforme a polícia, o crime foi praticado após uma briga entre o casal. Familiares da vítima relataram que o acusado tinha um comportamento agressivo, chegando a violentar a companheira por várias vezes.

Ana Lúcia Claudino Mendes foi encontrada pela sogra já morta na residência onde o casal morava. O corpo da vítima estava todo ensanguentado e cheio de hematomas, sobretudo na cabeça. Ao lado dela, foi encontrado um pedaço de madeira utilizado durante o espancamento. Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria confessado o crime e contou que matou a esposa depois de ter visto ela com um ex-companheiro. O homicídio aconteceu na noite de quarta-feira (11), mas a mulher só foi encontrada na quinta-feira (12).

Após ter cometido o crime, o suspeito foi até a casa da família e contou o que tinha feito, mas ninguém acreditou. “Ele disse que chegou em casa e matou a mulher com um pedaço de troco de árvore. Foi um crime muito violento. Depois disso ele foi pra casa da mãe e contou o que tinha feito, mas ninguém acreditou, pois ele estava embriagado”, comentou o delegado de Polícia Civil, Lamartine Lacerda.

A mãe do suspeito e os familiares da vítima procuraram a polícia para denunciar o crime. Ainda conforme o delegado, a Polícia Civil está investigado o caso como um homicídio de motivação passional. Genildo Delfino de Araújo, 36 anos, foi preso com sintomas de embriaguez. Ele prestou depoimento e foi conduzido para a Penitenciária Padrão, em Campina Grande. Segundo informações repassadas pela população à polícia, tanto a vítima quanto o acusado eram usuários de drogas e os policiais estão investigando se isso tem alguma relação com o crime.



JPOnline
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário