Home » » Etapa do projeto Caminhos da Gestão Participativa é realizada em Cuité –

Etapa do projeto Caminhos da Gestão Participativa é realizada em Cuité –


Gestores das escolas da 4ª Gerência Regional de Educação (GRE), com sede em Cuité, participaram na sexta-feira (13) da penúltima etapa do projeto Caminhos da Gestão Participativa. O projeto é realizado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) e está na sexta edição, percorrendo anualmente as 14 GREs. A ação contou também com a participação das secretárias executivas da Educação, Roziane Marinho e Luciane Coutinho, dos gerentes executivos da Educação e técnicos da Regional. A última etapa será realizada com gestores da 1ª GRE em João Pessoa, com data prevista para o dia 23.

O projeto Caminhos da Gestão Participativa tem o objetivo de fortalecer a gestão escolar nas unidades de ensino, compartilhando ideias e ouvindo sugestões dos gestores e professores da rede. Por meio de diálogo com a comunidade escolar e a sociedade em geral, a equipe da SEE se propõe a desenvolver uma ação integrada, num processo coletivo de busca de conhecimento e de intervenção sobre o dia a dia escolar.

A secretária executiva de Gestão Pedagógica, Roziane Marinho, falou dos programas pedagógicos desenvolvidos pela SEE, pedindo o esforço de todos para atender de forma efetiva alunos e professores. Ela pediu a atenção dos gestores para a importância de alimentar o Sistema Saber, no qual constam todos os dados das escolas e alunos da rede de ensino. “A atualização das informações no Saber é importante devido às necessidades ao desenvolvimento das políticas de Educação na rede estadual”, observou.
A secretária executiva de Administração, Suprimentos e Logística, Luciane Coutinho, esclareceu aos gestores sobre questões de pessoal nas escolas, infraestrutura e orientou sobre a utilização dos recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE/PB), para efetuar a manutenção das unidades, de forma a propiciar um ambiente digno para atender a comunidade escolar. Ela revelou que a Secretaria da Educação está montando projeto para licitação de dimensionamento da rede elétrica das escolas, visando sanar os problemas de queda de energia.

Para o diretor da Escola Estadual Professor Lordão, da cidade de Picuí, Róbson Rubenilson, o projeto Caminhos da Gestão Participativa é de grande importância, principalmente para as escolas do interior do Estado. “É uma oportunidade dos gestores colocarem as demandas das escolas e ouvir da Secretaria da Educação as respostas para os assuntos abordados, bem como para o órgão conhecer as escolas “in loco”, seus gestores e consequentemente desenvolver uma parceria fortalecendo a gestão a partir desse diálogo”, ressaltou.

Segundo ele, “desde a primeira edição do projeto já teve condições de resolver situações na escola, a partir desse diálogo, a exemplo de nomeação de pessoal até questões de ordem mais estruturais, a exemplo de implantação de programas pedagógicos, conquista de equipamentos e reforma para a escola, entre outros”, lembrou o gestor.

A diretora da Escola Estadual Antonio Coelho Dantas, em Nova Palmeira, Sandra Medeiros considera muito importante o projeto Caminhos da Gestão Participativa, “porque aproxima e facilita, no sentido de tirar dúvidas e auxiliar na aplicação dos projetos, para com isso melhorar os índices na Educação”. A gestora avaliou o projeto como uma ação positiva e parabenizou a Secretaria da Educação pela iniciativa, “pois a gestão tem que chegar próximo a escola, assim como a escola chegar próximo da comunidade escolar”, disse Sandra.

A gerente da 4ª GRE Maria das Graças Medeiros considerou o projeto de extrema importância. “O Caminhos da Gestão Participativa torna mais eficiente o contato dos dirigentes e gerentes da SEE, com os gestores e equipe administrativa da Regional, contribuindo significativamente para resolver eventuais problemas. É o ouvir e o agir, pois temos bons frutos do projeto, a exemplo de reforma de escola e aplicação de projetos pedagógicos. Isso só vem a contribuir para a melhoria da qualidade da gestão e consequentemente da Educação”, afirmou.


Secom
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário