Home » » Alunos de Arqueologia, Trilhas na Caatinga e alunos IFPB desenvolvem pesquisa em Picuí.

Alunos de Arqueologia, Trilhas na Caatinga e alunos IFPB desenvolvem pesquisa em Picuí.


Os alunos do projeto "Arqueologia: Um passado ameaçado" iniciaram esta semana uma série de estudos de campo tendo em vista conhecer melhor o potencial arqueológico e turístico do município de Picuí.

O projeto é desenvolvido pelos alunos da Escola Estadual Professor Lordão - Picuí/PB e conta com a parceria da Associação Trilhas na Caatinga que já desenvolve um trabalho de identificação dos sítios arqueológicos no município, além de alunos do curso de geologia do Instituto Federal de Educação da Paraíba - IFPB/Picuí que são parceiros no projeto.

As visitas acontecem durante o recesso escolar como atividade prática do projeto de extensão em arqueologia da Escola Professor Lordão. Durante o estudo os alunos fazem a catalogação do sítio com a localização, dimensões, painéis, tipos de vestígios encontrados, tradições rupestres, formação geológica, ameaças presentes, potencial turístico e as histórias das comunidades.

O trabalho é acompanhado pelos professores sem a intensão de substituir o papel do arqueólogo, considerando que são alunos do ensino médio, mas com o objetivo de conhecer e divulgar o potencial arqueológico de Picuí, bem como de sensibilizar os alunos e a comunidade para importância da preservação destes vestígios de “uma civilização antiguíssima" (José de Azevedo Dantas).

Recentemente os alunos estiveram pesquisando três novos sítios arqueológicos que apresentam vestígios da presença humana através de inscrições rupestres nas tradições itacoatiara e agreste, sendo um dos sítios com imagens de antropomorfos, inclusive de pigmentação amarela.

Os resultados das pesquisas serão expostas as comunidades durante evento a ser realizado em Julho: A semana de Arqueologia de Picuí e região, na qual a comunidade acadêmica e o público em geral terá oportunidade de conhecer e discutir com professores especialistas de Picuí e região.

É importante destacar o papel desempenhado pela Associação Trilhas na Caatinga, que voluntariamente vem desenvolvendo um trabalho incansável de preservação seja dos registros arqueológicos, seja da fauna e flora do município de Picuí, contribuindo para a manutenção do estado de conservação dos Sítios. Ainda temos com parceiros a UEPB, o IFPB, SPA, SEE/PB, Escolas da 4ª GRE, Prefeitura Municipal de Picuí e amigos professores pesquisadores de Picuí e região.



Mídias no Lordão 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário