Cerca de 80% dos professores do Estado aderiram à paralisação, diz sindicato.


Ao menos 80% dos professores da rede estadual de ensino da Paraíba aderiram à paralisação da classe, que começou nesta quinta (2) e vai até a sexta-feira (3). Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB), Antônio Arruda, não houve aula em nenhuma das 759 escolas estaduais.

“Fizemos um levantamento parcial na manhã desta quinta-feira, com a ajuda das regionais, e constatamos que pelo menos 80% dos professores aderiram a paralisação. Os 20% que não aderiram estiveram nas escolas apenas para realização de trabalho interno”, explicou Antônio Arruda.

O objetivo da paralisação é chamar a atenção do governo e da sociedade para discutir a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) para a Educação. A categoria também se posiciona contra a Lei Estadual nº 242, que congela salários dos servidores públicos da Paraíba, e contra o Projeto de Lei e Outras Proposições (PLP) nº 257/2016, que retira direito dos servidores públicos (municipais, estaduais e federais).

A Secretaria de Educação do Estado informou que está ciente da paralisação e que vai avaliar a situação para decidir se vai se pronunciar ou não através de uma nota. Até às 15h, nenhuma declaração oficial havia sido emitida.



JPOnline

Sobre Francisco Araújo

Sou radialista profissional, atualmente trabalho na Rádio Cenecista Am - de Picuí PB, minha terra natal é famosa por ser a terra de Felipe Tiago Gomes e da melhor Carne de Sol do Nordeste, faça-nos uma visita. Minha cidade é hospitaleira, nosso povo lhe aguarda de braços abertos. Apareça.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.