Home » » Filho que matou mãe a facadas é condenado a 22 anos de prisão no RN.

Filho que matou mãe a facadas é condenado a 22 anos de prisão no RN.


Acusado de matar a própria mãe a facadas e de incendiar a casa onde ela morava, Helenilson Donato da Rocha, de 47 anos, foi condenado a 22 anos e dois meses de prisão em regime fechado. Helenilson foi levado a júri popular nesta quarta-feira (15), passados mais de dois anos do crime.

O julgamento aconteceu desde a manhã desta quarta no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. Após serem ouvidas as testemunhas, o júri decidiu por condenar Helenilson há 17 anos e 6 meses pelo homicídio qualificado de Beatriz Rosalina da Rocha, de 80 anos, e 4 anos e 8 meses por incêndio qualificado. Além disso, o júri também estabeleceu o pagamento de 26 dias-multa.

O caso
O crime aconteceu no dia 9 de fevereiro de 2014 na casa da idosa, localizada no conjunto Pirangi, na Zona Sul da cidade. O corpo da aposentada foi encontrado carbonizado e com uma perfuração no pescoço. Helenilson, filho de Beatriz, foi autuado em flagrante por homicídio e incêndio criminoso.

A família pede justiça. "Acredito que ele seja um psicopata porque ele não se arrepende de nada que faz", afirmou Hemistidan Donato da Rocha, filha da vítima e irmã do acusado.

Segundo o Ministério Público, o réu teria planejado o crime. "Ele premeditou o crime, já havia atentado contra a vida da nossa mãe. Pedimos a pena máxima porque ele já nos ameaçou. Ele disse que, assim que sair da cadeia, me mata. E ninguém duvida, ele vai matar todos se sair", concorda Hemistidan.




G1/RN
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário