Home » » IFPB Campus Picuí firma acordo de cooperação técnica com Instituto Nacional do Semiárido.

IFPB Campus Picuí firma acordo de cooperação técnica com Instituto Nacional do Semiárido.


Com o objetivo de atuar conjuntamente em trabalhos de pesquisa, desenvolvimento, inovação e articulação institucional no Semiárido Brasileiro, o Campus Picuí firma, na próxima terça-feira (21), em Campina Grande, acordo de cooperação técnica com o Instituto Nacional do Semiárido (INSA). A proposta irá proporcionar a geração e transferência de tecnologias e informações que promovam o desenvolvimento econômico, social e ambiental da região Semiárida.

O acordo de Cooperação Técnica já foi devidamente avaliado pela Procuradoria do IFPB e pelo Departamento Jurídico do INSA e constará de dois Planos de Trabalho para que as instituições possam agir prioritariamente em duas frentes. 

A primeira será a valorização da cultura da palma forrageira como uma proposta de política pública sustentável para o Seridó e Curimataú paraibano, fortalecendo a ideia da palma como cultura nobre e de importância econômica para o Semiárido Brasileiro. A segunda vertente versará sobre o Projeto SIMSAB que vai planificar estudos para o desenvolvimento do programa de monitoramento sistêmico da dinâmica de desertificação, através de informações coletadas em campo, realizando conjuntamente estudos socioeconômico-ecológicos em sistemas agroecológicos e convencionais no Semiárido Brasileiro (SAB). O referido projeto visa elucidar as características agrícolas e estratégias sociais utilizadas pelos agricultores que lhes tem possibilitado resistir e/ou recuperar-se dos impactos dos eventos ambientais extremos (secas, inundações) em áreas suscetíveis à desertificação.

O Acordo de Cooperação Técnica será assinado pelo diretor do INSA, Salomão Souza, e pelo diretor Campus Picuí, Luciano Pacelli. Na oportunidade, também estarão presentes o coordenador de Pesquisa do campus, professor José Márcio Vieira; os professores Frederico Campos e Roberto Marques, representando o Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA); além de Aldrin Perez e Jucilene Araújo, membros da equipe técnica e coordenadores dos projetos que pactuam o INSA e o IFPB.



Ascom – com informações do Campus Picuí
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário