Home » » Rota gastronômica é destaque na programação do Caminhos do Frio.

Rota gastronômica é destaque na programação do Caminhos do Frio.


Evento começa no dia 4 de julho em Areia e percorre mais oito cidades do brejo paraibano até o dia 4 de setembro.

A programação cultural do Caminhos do Frio 2016 será incrementada com o lançamento da Rota Gastronômica do Brejo, que irá apresentar a riqueza da gastronomia regional das cidades que integram o mais importante evento do inverno paraibano. A programação do Caminhos do Frio foi apresentada nesta terça-feira (14), na PBTur, em João Pessoa. O evento tem início no dia 4 de julho e vai percorrer, até o dia 4 de setembro, nove municípios do brejo paraibano: Areia, Pilões, Remígio, Solânea, Serraria, Bananeiras, Matinhas, Alagoa Nova e Alagoa Grande.

A Rota Gastronômica do Brejo reúne sete cidades. Destas, seis, com exceção de Guarabira, participam do Caminhos do Frio. Ao longo do mês de maio, o Sebrae Paraíba promoveu consultorias e capacitações em 30 empreendimentos destes municípios. De acordo com o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar, o Sebrae, como parceiro do Caminhos do Frio, tem a proposta de incentivar o empreendedorismo com os diversos atores que compõem a rota cultural.

“É essencial estimular o desenvolvimento para enfrentarmos momentos de crise como o que estamos vivenciando. O papel do Sebrae é preparar e fortalecer os pequenos negócios, para eles contribuam para o desenvolvimento social e econômico local e do país. O Caminhos do Frio é uma das ações que o Sebrae acredita como fundamental para a geração de negócios no Brejo paraibano”, destacou o superintendente.

A gestora de turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, disse que o evento é uma oportunidade para ampliar o conhecimento sobre a cultura local nos mais diversos âmbitos. “A Paraíba é rica em cultura e a gastronomia é parte dessa nossa riqueza. Além de movimentar a economia, a gastronomia alimenta nossa memória afetiva, principalmente nos festejos juninos. As comidas típicas a base de milho, as bebidas quentes, como as famosas cachaças de Areia. Isso tudo faz parte da experiência do nosso inverno nordestino e precisa ser divulgada para os visitantes. O Sebrae orientou e realizou capacitações nos estabelecimentos locais, que estarão preparados para atender os turistas”, pontuou Regina Amorim.

Outro destaque da programação é o “Serenateando”, serenata que vai percorrer as ruas da cidade de Bananeiras, com paradas nos restaurantes que estão apoiando a programação cultural A gestora de turismo do Sebrae reforça que o evento já faz parte do calendário turístico da região. “O evento tem forte aceitação, tanto da comunidade local como dos turistas. Há um forte sentimento de pertença, de que o Caminhos do Frio é parte daquela região”, disse Regina Amorim.

A cidade de Remígio participa do evento pela primeira vez. O prefeito da cidade, Chió Batista, falou da importância de fazer parte do Caminhos do Frio. “Há quatro anos tentamos fazer parte do evento, porque ele mostra uma outra Paraíba, de culturas novas e experiências. Eleva a auto estima da cidade, aquece nossa economia, principalmente em períodos de crise econômica. O evento tem um nome muito forte, o que atrai muitas pessoas. Esperamos cerca de 40 mil visitantes durante o evento, que assistirão aos shows no Lagoa Parque, participarão das oficinas, mas também conhecerão a agroecologia, que é uma de nossas bandeiras. Alimentos orgânicos, sem venenos, que são cultivados e usados na nossa gastronomia”.

O presidente do Fórum de Turismo do Brejo Paraibano, Sergerson Silvestre, falou da importância das parcerias para que o Caminhos do Frio continue sendo um dos principais eventos no calendário do inverno do Estado. "O Caminhos do Frio não é um simples evento, ele deixa um legado para a região. Fortalece a economia e divulga nossas riquezas culturais para os demais Estados. Para isso é fundamental consolidarmos parcerias. O Sebrae tem sido um grande parceiro com suas orientações e capacitações dos negócios da região. Nossas expectativas são enormes e temos certeza que será mais um sucesso", destacou

A perspectiva é que haja um incremento de 30% na geração de empregos durante a realização do evento. Cada uma das 120 empresas envolvidas nas nove cidades participantes pode gerar, em média, um emprego temporário, cenário importante em período de baixa oferta de postos de trabalho, destaca a gestora de turismo do Sebrae Paraíba.

“Há a valorização da cultura local, da gastronomia e das parcerias firmadas entre os municípios, além de propagar a cultura da região. Em 2016, o Caminhos do Frio continua sendo uma alternativa que gera fluxo turístico e movimenta a economia local e regional durante nove semanas, em nove municípios, apoiada tanto pela iniciativa pública como pela iniciativa privada”, disse Regina Amorim.

O Caminhos do Frio começa na cidade de Areia, entre os dias 04 e 10 de julho. Em Pilões, a programação vai do dia 11 até 17 de julho. Entre os dias 18 e 24 de julho, o evento circula na cidade de Remígio. A cidade de Solânea recebe a rota entre os dias 25 e 31 de julho, enquanto Serraria realiza o Caminhos entre os dias 01 e 07 de agosto. Bananeiras recebe o evento entre os dias 08 e 14 de agosto. As três últimas cidades são Matinhas (de 15 a 21 de agosto), Alagoa Nova (de 22 a 28 de agosto) e Alagoa Grande (29 de agosto a 04 de setembro). Toda a programação pode ser encontrada na página do evento (http://www.caminhosdofrio.com).


FONTE: UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING SEBRAE PARAÍBA
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário