Home » » I Semana de Arqueologia de Picuí é elogiada por professor da UEPB.

I Semana de Arqueologia de Picuí é elogiada por professor da UEPB.


A Escola Estadual Professor Lordão em parceria com a Associação Trilhas na Caatinga realizou com sucesso a I Semana de Arqueologia de Picuí. O evento teve entre seus objetivos trabalhar a educação patrimonial entre os alunos, incentivar as pesquisas sobre arqueologia, além de divulgar o potencial arqueológico do município tem em vista a implantação de um roteiro turístico na região.
A programação teve início na sexta-feira (22/07) com a realização de uma oficina de cerâmica indígena que foi ministrada pelos professores: Emanuel Gilson, Giorgiana Macedo  e Silveira Vieira. Durante a atividade os alunos estudaram acultura ceramista no Brasil e procuram reproduzir a técnica utilizada pelos nativos.

No domingo (24/07) foram realizadas atividades prática com a visita  aos sítios arqueológicos  Pedra D’água e cachoeira do Pedro. Participaram da aula de campos os alunos da Escola Padre Jerônimo da cidade de Santa Luzia, além dos estudantes da Escola Estadual Felipe Tiago Gomes e do Instituto Federal de Educação da Paraíba. Durante as explicações os alunos tiveram a oportunidade de estudar como as técnicas de realização das inscrições rupestres, associando os conhecimentos de geologia, biologia, química, física, história e arqueologia.
A segunda-feira (25/07) foi dedicada a abertura oficial com uma homenagem ao senhor Nozinho dos Santos que dedicou parte de sua vida para conservar vários artefatos arqueológicos. Após a cerimonia especial o professor Robson Rubenilson proferiu uma palestra sobre a educação patrimonial e o papel do Estado na preservação do patrimônio cultural. 

À tarde, no auditório municipal, foi dedicada a defesa dos projetos de pesquisa sobre vários sítios arqueológicos de Picuí. Entre as pesquisas apresentadas podemos citar: Educação patrimonial: Arqueologia, paleontologia e história; Sítio escavação Águas Belas; Arqueologia e Ufologia: Uma interpretação das inscrições rupestres; Sitio Arqueológico Cachoeira do Pedro: Um passado ameaçado; Sítio Arqueológico Pedra D'água: Vestígios do homem do Seridó e Geologia e Arqueologia: análise. Na Escola Professor Lordão os alunos participaram de oficinas de pinturas rupestres: Pintura rupestre em pedra cariri e pintura rupestre em mural, ministradas pelos professores: Janaina, Ticiane, Isaias, Gilson e Giorgiana. 
À noite foi reservada ao professor e técnico em geologia Antônio de Pádua Sobrinho que proferiu a palestra: Geoturismo e patrimônio arqueológico do município de Picuí - PB: “Um olhar para a biodiversidade”. Antes o jovem Udenilson Silva apresentou o Curta documentário: O que as pedras contam.

Na terça-feira (26/07) foram realizados quatro minicursos: Arqueologia e Astronomia - Ministrante: Prof. Inajar Nascimento; Arqueologia do Enem - Ministrante: Prof Robson Rubenilson; Arte e pré-história no Brasil Ministrante: Profª Drª Silveira Vieira e A evolução humana: como nos tornamos "Sapiens" Ministrante: Profª M Rafaela Silva. Durante todo o dia foram realizada exposições de fotos, fósseis e artefatos arqueológicos de Picuí e do Museu de Arqueologia da Universidade Estadual da Paraíba.
Ainda pela manhã foi realizada uma palestra sobre a arqueologia da Paraíba, ministrada pelos professores Erick de Brito - Graduando em história – UEPB e pelo Dr Juvandi Santos - Pós-doutorado em Arqueologia - PUC/RS. Ainda realizaram a exposição de museu de arqueologia da UEPB e inda realizaram uma visita técnica ao Sítio Arqueológico Cachoeira do Pedro.
Na tarde da terça-feira o professor do IFPB Anderson Souza ministrou palestra sobre o projeto Geologando, abordado vários temas comuns à arqueologia e geologia.

Para fechar as atividades da semana, à noite foi realizada uma mesa redonda sobre o potencial arqueológico e as perspectivas turísticas em Picuí. Antes o Grupo Tambores da Alegria realizou uma apresentação temática sobre a cultura indígena. Entre os debatedores da mesa redonda tivemos: a professora Aline Araújo - Licenciada em Química; a professora Carmeracilda Dantas - Licenciada em Sociologia e pós-graduação em direitos humanos; o Robson Rubenilson - Licenciado em história com pós-graduação em história do Brasil e o deputado estadual Rubens Germano - Graduado em agronomia e pós-graduação em recursos hídricos com experiência em gestão pública.
A I Semana de Arqueologia de Picuí surgiu do desejo de comemorar o dia do arqueólogo (26/07) a quem dedicamos ao parceiro e amigo Juvandi Santos, arqueólogo que diante de todo o seu currículo veio voluntariamente presentar com sua experiência a esperança de jovens estudantes do ensino médio em serem arqueólogos. " Ainda estou arrepiado daqueles aplausos de teus alunos. Gostei do comportamento exemplar dos mesmos. Precisamos de profissionais como os da escola que você trabalha" Juvandi Santos se referindo ao evento.



Mídias no Lordão 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário