Home » » Trabalhadores da CHESF aderem à paralisação nacional de 72 horas no próximo dia 4

Trabalhadores da CHESF aderem à paralisação nacional de 72 horas no próximo dia 4

Os trabalhadores da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco irão paralisar suas atividades nos próximos dias 4, 5 e 6 de julho.

A paralisação faz parte de uma agenda nacional de mobilizações coordenada pelo Coletivo Nacional de Eletricitários. No último dia 28 a Eletrobrás, de forma arbitrária, suspendeu as negociações, referentes ao PLR e ao ACT da categoria, com o CNE.

Assim, os trabalhadores da CHESF, empresa que compõe o sistema Eletrobrás, decidiram em assembleia coordenada pelo STIUPB, realizada no último dia 29, participarem da mobilização nacional para exigir da empresa o retorno às negociações.

A agenda de mobilização ainda inclui os dias 15 e 22 como dias nacionais de luta contra a privatização da Eletrobrás. No dia 22 está marcada uma Assembleia de Acionistas que pode determinar pela renovação das concessões e a venda de seis empresas da holding.

“Os trabalhadores estão dispostos a lutar até o fim por um acordo justo e uma PLR justa. A paralisação de 72 horas é uma resposta à postura intransigente da empresa”, afirmou Adriano Teixeira, presidente em exercício do STIUPB.



Ascom 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário