Home » » Mãe suspeita de matar filho na PB já teve outros surtos, diz delegado.

Mãe suspeita de matar filho na PB já teve outros surtos, diz delegado.


A mulher de 39 anos que é suspeita de matar e esquartejar o próprio filho de 5 anos, em Campina Grande, no Agreste paraibano, já teria sofrido outros surtos psicóticos. O crime aconteceu na tarde da última sexta-feira (19), no bairro São José. A mulher foi presa ainda no local, com uma faca. A polícia investiga se o ataque teria ocorrido durante um surto.

A informação foi confirmada pelo delegado de homicídios, que está investigando o caso, Antônio Lopes, nesta segunda-feira (22), com base no depoimento de pessoas próximas à mulher.

“Nós ouvimos algumas pessoas ligadas a ela, que informaram que ela já teve alguns problemas há alguns anos, mas estava bem ultimamente”, disse ele.

Ainda segundo o delegado, além dos depoimentos, a Polícia Civil vai solicitar exames para confirmar se a mulher tem problemas mentais. “Fizemos uma representação por incidente de insanidade mental e, caso o poder judiciário entenda que existe algum indício de anormalidade, vai ser aberto esse incidente e ela vai ser submetida a um exame médico, para constatar se estava ou não com algum problema psicológico”, disse o delegado.

O crime
O menino de 5 anos foi morto em casa, na Rua Teixeira de Freitas, no bairro São José, por volta das 13h. Segundo a Polícia Militar, a mãe estava só com o filho, no momento. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas, ao chegar no local, já encontrou a vítima sem vida. A maior parte das perfurações foi feita no pescoço da criança, com uma faca do tipo peixeira. O menino ainda teve o órgão genital decepado.



G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário