Home » » ATENÇÃO: 20 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão são cumpridos nas cidades de Campina Grande, Ingá e Picuí.

ATENÇÃO: 20 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão são cumpridos nas cidades de Campina Grande, Ingá e Picuí.


Três pessoas são presas na 2ª fase de Operação Espelho Mágico na Paraíba

Três pessoas, entre elas um funcionário contratado da 19ª Circunscrição Regional de Trânsito (19ª Ciretran) na cidade de Ingá, no Agreste paraibano, foram presas na manhã desta quarta-feira (14). As prisões ocorreram durante a segunda fase da operação 'Espelho Mágico' da Polícia Civil. A ação policial investiga uma organização criminosa suspeita de roubos, adulteração e clonagem de veículos em estados do Nordeste.

De acordo com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil em Campina Grande, no Agreste paraibano, nesta quarta-feira estão sendo cumpridos 20 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Campina Grande, Ingá e Picuí.

Na 19ª Ciretran, em Ingá, a Polícia Civil prendeu um funcionário contratado. Ele é suspeito de repassar cédulas de documentos de veículos para quadrilhas que realizam a clonagem de veículos. Durante os cumprimentos dos mandados de busca e apreensão, a Polícia Civil apreendeu ainda um veículo, CPUs de computadores, placas de veículos e vários documentos de carros.

Segundo o delegado Cristiano Santana, pela manhã foram presas três pessoas e cumpridos três mandados de busca e apreensão. Ainda nesta quinta-feira, a Polícia Civil vai cumprir outros mandados nas cidades paraibanas.

A operação
A primeira fase da operação 'Espelho Mágico' foi deflagrada no mês de agosto, quando um Policial Militar reformado foi preso suspeito de clonagem de veículos na Paraíba. De acordo com a investigação, ele chefiava a quadrilha, que roubava carros, clonava e os revendia em vários estados do Nordeste, sendo os principais Paraíba, Sergipe, Pernambuco e Bahia.



G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário