Home » » Cooperativismo mineral em Picuí /PB.

Cooperativismo mineral em Picuí /PB.


O extrativismo mineral no município de Picuí-PB, constitui a atividade garimpeira de maior relevância da Província Pegmatítica Borborema paraibana. Desde a exploração da tantalita dos pegmatitos pelos norte-americanos durante a segunda guerra mundial para fabricação de armamento bélico até os dias atuais, com a exploração de quartzo, feldspato e mica, dentre outros minerais  abundantes nos pegmatitos.

Segundo o Técnico em Mineração Antonio de Pádua Sobrinho, o cooperativismo mineral no município constitui o principal instrumento para o desenvolvimento dos princípios norteadores do empreendedorismo cooperativo por parte dos seus associados. É a maneira mais eficaz de conduzir treinamento básico de condições de acessibilidade ao subsolo, ao aproveitamento eficaz dos recursos minerais disponíveis, à segurança e saúde no trabalho e à recuperação ambiental das áreas degradadas.

“Para tanto é necessária à consolidação dessas entidades como instituição de fomento ao avanço tecnológico, social, ambiental e econômico à pequena mineração, apesar dos princípios que regem o cooperativismo mineral, como relatado em DNPM (2008), esta cultura ainda não foi amplamente absorvida pela classe  de mineradores por diversos problemas que  travam o fortalecimento desta cultura no município,   é preciso que as autoridades competentes tomem providencias e busquem alternativas para soluciona-los ,buscando  alavancar essa atividade tão importante para a população local e regional” - Disse.


Setor Mineral em Foco
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário