Home » » Médica é presa no RN por suspeita de participar da morte do marido em SP.

Médica é presa no RN por suspeita de participar da morte do marido em SP.


Uma médica paulista de 36 anos foi presa na tarde desta sexta-feira (7) em Natal. Segundo a polícia, a médica é suspeita de ter envolvimento na morte do marido dela, Sílvio José de Santana. Ele era guarda municipal na cidade de Francisco Morato, na Grande São Paulo, e foi morto a tiros e facadas em 22 de maio passado dentro de casa. O crime teria sido motivado por que havia um seguro no valor R$ 400 mil em nome do casal.

A mulher foi presa em uma operação conjunta da Delegacia da Defesa da Mulher de Francisco Morato, do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Rio Grande do Norte e da Delegacia Especializada de Capturas (Decap). Simultaneamente, um homem foi preso na cidade paulista também suspeito de envolvimento com a morte de Sílvio Santana. A médica foi presa por força de um mandado de prisão temporária de 30 dias, expedido pela Justiça de São Paulo.

Sílvio José de Santana tinha 40 anos. Após o crime, em depoimento à polícia paulista, a médica disse que estava nos fundos da casa no momento do ataque. Ainda de acordo com o que ela falou à polícia, ao ouvir quatro disparos e pedidos de socorro ela se encaminhou à cozinha, onde encontrou o marido com ferimentos nas costas e no peito. Em seguida, saiu para pedir ajuda aos vizinhos e quando voltou, encontrou o assassino ainda dentro da casa.

A operação conjunta foi comandada pelos delegados Gilmara Natalia, da Polícia Civíl de São Paulo, Iramar Xavier e Raimundo Rolim, ambos da Polícia Civil potiguar.



g1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário