Home » » Na zona rural de Picuí, obra com custos acima de meio milhão de reais está parada.

Na zona rural de Picuí, obra com custos acima de meio milhão de reais está parada.


A redação do ClickPicuí recebeu informações que a construção da quadra coberta da comunidade rural ‘lajedo grande’ voltou a ser paralisada.

Em agosto deste ano, nós noticiamos a paralisação da referida obra. Com as proximidades das eleições municipais de outubro, voltaram a trabalha no local e a comunidade voltou a ter esperanças que os serviços seriam concluídos. A quadra foi coberta e outros serviços de alvenaria foram feitos, mas após o pleito a obra voltou a ser paralisada.


No sábado (29), voltamos à comunidade e constatamos todas as informações que nos foram enviadas e a decepção de vários moradores com a administração municipal, além de não acreditarem mais na entrega da obra até o final do ano.
“Recentemente uns homens estiveram ai apenas para prenderem algumas partes da cobertura que tinha soltado, depois foram embora e não voltaram mais, parece que vai ficar pra Olivânio terminar” – disse uma moradora a nosso repórter.

De acordo com a placa, a obra foi iniciada em agosto de 2014, e sua conclusão estava prevista para fevereiro de 2015, portanto encontra-se muito atrasada e o valor do convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Governo Federal, através do Ministério da Educação/FNDE, foi de R$ 504.197,86 (quinhentos e quatro mil cento e noventa e sete reais e oitenta e seis centavos).



A próxima visita será aos distritos de Santa Luzia do Seridó e Serra dos Brandões. Em Santa Luzia vamos conferir como anda o processo de construção da Unidade Básica de Saúde (UBS), proveniente de uma emenda orçamentária do senador José Maranhão no valor de quinhentos mil reais. Inclusive na época foi publicada uma matéria que falava da parceria com a prefeitura de Picuí, onde a administração municipal tinha efetuado a escolha e doação do terreno, como contrapartida.

Em Serra dos Brandões vamos conferir o andamento de algumas obras.



Francisco Araújo 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário