Home » » BARRA DE SANTA ROSA: Ex-prefeito Fabian Dutra tem contas na pauta de julgamentos do TCE/PB.

BARRA DE SANTA ROSA: Ex-prefeito Fabian Dutra tem contas na pauta de julgamentos do TCE/PB.

Praça central em Barra de Santa Rosa PB
Pauta de julgamentos do TCE tem 11 Prefeituras e 18 Câmaras de Vereadores

O Tribunal de Contas do Estado vai se reunir, ordinariamente, nesta quarta-feira (30), para o julgamento, entre outros, de 11 contas oriundas de Prefeituras e 18 de Câmaras Municipais. Também serão averiguadas, na ocasião, as contas da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (exercício de 2014), da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (2013), da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (2012) e do Escritório de Representação Institucional da Paraíba (2013).

Terão as contas de 2013 examinadas pelo TCE os Prefeitos de São José de Caiana (José Walter Marinho Marsicano Junior), Lucena (Marcelo Sales de Mendonça), Barra de Santa Rosa (Fabian Dutra Silva), Cachoeira dos Índios (Francisco Dantas Ricarte) e Arara (Eraldo Fernandes de Azevedo).

O Tribunal ainda analisará as contas de 2014 dos prefeitos de Tacima (Erivan Bezerra Daniel), Solânea (Sebastião Alberto Cândido da Cruz), Riachão do Poço (José Constâncio Sobrinho), Massaranduba (Joana d’Arc de Queiroga Mendonça Coutinho) e Riacho de santo Antonio (Josevaldo da Silva Costa). A prefeita São Domingos do Cariri (Inara Marinho Ferreira da Silva) terá o exame das contas de 2015.

As Câmaras Municipais com prestações de contas na pauta do TCE são as de Manaíra, Aparecida, Mogeiro, Ingá, Bonito de Santa Fé, Carrapateira, Bernardino Batista, São João do Rio do Peixe, Água Branca, Duas Estradas e Salgado de São Félix (exercício de 2015).

Ainda, as de Assunção, Itaporanga e Jacaraú (2015), Remígio, São Sebastião de Lagoa de Roça e Puxinanã (2013). A Câmara de Areial terá o julgamento das contas de 2013 e 2014.

As sessões ordinárias do TCE, órgão presidido pelo conselheiro Arthur Cunha Lima, ocorrem às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela internet. A presente pauta de julgamentos indica uma movimentação de recursos da ordem de R$ 381.986.885,17.



Ascom/TCE-PB
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário