Home » » Cemitérios de Picuí são muito visitados neste dia de finados

Cemitérios de Picuí são muito visitados neste dia de finados

Cemitério do Monte Santo
 Nesta quarta-feira (02), dia de finados, os dois cemitérios públicos de Picuí receberam um grande número de pessoas que foram visitar os locais onde repousam pra eternidade seus entes queridos. Tanto no cemitério do Monte Santo quanto no do São José, a visitação foi intensa, começando cedo, logo nas primeiras horas da manhã com as pessoas fazendo limpeza, colocando grinaldas, fotos, arranjos de flores, acendendo velas e rezando em memoria dos falecidos em seus devidos locais. A noite aconteceu a missa de finados na matriz de São Sebastião.

Cemitério do São José
É bom lembrar que os dois cemitérios da cidade estão sendo bem cuidados por seus administradores.

São José

Origem do dia de finados

O dia de Finados só começou a existir a partir do ano 998 DC. Foi introduzido por Santo Odilon, ou Odílio, abade do mosteiro beneditino de Cluny na França. Ele determinou que os monges rezassem por todos os mortos, conhecidos e desconhecidos, religiosos ou leigos, de todos os lugares e de todos os tempos. 

Quatro séculos depois, o Papa, em Roma, na Itália, adotou o dia 2 de novembro como o dia de Finados, ou dia dos mortos, para a Igreja Católica.

O costume de rezar pelos mortos nesse dia foi trazido para o Brasil pelos portugueses. As igrejas e os cemitérios são visitados, os túmulos são decorados com flores, e milhares de velas são acesas.  


Francisco Araújo com Centro Apologético Cristão de Pesquisas
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário