Home » » Charliton Machado abre mão de disputar a reeleição da presidência do PT na Paraíba.

Charliton Machado abre mão de disputar a reeleição da presidência do PT na Paraíba.


O professor Charliton Machado (foto), que disputou a prefeitura de João Pessoa e não obteve êxito, também desistiu de disputar à reeleição de presidente da executiva estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba.

O mandato dele se encerra em 2017 e em março será realizado o Processo de Eleição Direta (PED) do partido.

“Eu já dei minha contribuição ao longo de quase quatro anos de gestão. Fiz o que era necessário, cumpri com a missão dada pela nossa militância e vejo que este momento é oportuno para que o PT reabra o debate para construir o que nós estamos defendendo, que é a renovação partidária”, ressaltou.

Segundo Machado, o PT vive um processo que precisa se reencontrar com os grandes momentos de sua história, com a militância, com os movimentos sociais e, para que isso aconteça, é preciso que haja a unidade partidária entre as lideranças, os diretorianos que serão eleitos para que todos possam ter uma mesma compreensão.

Ele lembrou ainda que o PT tem um campo de divergência histórico, que se faz o próprio combustível da energia partidária, contudo acredita que mesmo diante das divergências é necessário construir um grande pacto de unidade política para que o partido possa se reorganizar e eleger sua nova direção.

“O PT tem que cumprir esse novo papel que lhe é dado como partido da oposição”, destacou.

Sobre a possibilidade de substituir o deputado Luiz Couto na Câmara Federal, Charliton Machado disse que esse posicionamento só será definido pelo partido assim como foi construída a sua candidatura para prefeito de João Pessoa.

“O deputado Luiz Couto terá tempo até 2018 para tomar sua posição política. Embora seja um grande nome para disputar um cargo majoritário, ele tem história e perfil para isso, além de um papel de honra de compromisso com a democracia. Seria um grande nome para disputar o Senado, mas isso é uma decisão que caberá também a ele”, pontuou.



PBOnline
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário