Home » » Em São Paulo, candidatos reclamam de questões de química e de biologia no Enem.

Em São Paulo, candidatos reclamam de questões de química e de biologia no Enem.


Os primeiros candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que deixavam um dos locais de prova mais movimentados da capital paulista, a Universidade Paulista (Unip) Vergueiro, consideraram o primeiro dia de exames difícil.

Hoje, os estudantes responderam a questões de ciências humanas e da natureza e suas tecnologias. Parte dos candidatos ouvidos pela Agência Brasil elegeu química como a disciplina mais difícil.

“A prova estava mais complicada do que no ano passado. Química e biologia estavam mais difíceis. Todas as questões eram possíveis de responder, mas estavam complicadas”, disse Andressa da Silva Ferreira, 18 anos. A estudante disse que já cursa ciências contábeis em uma faculdade particular, mas faz o Enem com objetivo tentar uma bolsa integral.

Beatriz Nemes, de 17 anos, quer estudar licenciatura em música na Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ela considerou química e física as disciplinas mais difíceis. “Mas era só ler com atenção, para quem estava preparado, ficou fácil”, disse.

Alexandre Melo, de 17 anos, pretende cursar economia na Fundação Getúlio Vargas. Para ele, parte da prova tinha grau maior de dificuldade. “Achei a parte de ciências humanas fácil, mas ciências da natureza estava bem difícil. Tinha uma questão sobre o significado do símbolo da Organização das Nações Unidas (ONU), achei nada a ver”, afirmou.

São Paulo é estado com maior número de inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com 1,4 milhão de pessoas, equivalente a 16,3% do total no país. A capital paulista tem 364,7 mil inscritos.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep, no endereço eletrônico http://portal.inep.gov.br/enem  e no aplicativo do Enem, até o terceiro dia útil seguinte ao de realização da prova.



Agência Brasil 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário