Home » » Presidente do TJ entrega fórum reformado à comarca de Areia PB.

Presidente do TJ entrega fórum reformado à comarca de Areia PB.


O juiz que ocupou a titularidade da comarca pelos últimos dez anos, Edailton Medeiros Silva, compareceu ao evento e falou de sua luta para a implementação de melhorias no fórum.

“Decidimos revitalizar este edifício como quem restaura uma obra de arte, para reintegrá-lo à bela paisagem, rural e urbana, do município de Areia” – disse o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, durante a entrega da reforma do Fórum “Desembargador Aurélio de Albuquerque”, na comarca de Areia. A solenidade ocorreu na manhã desta segunda-feira (28).

Ao falar para os presentes, o presidente Marcos destacou os encantos geográficos e históricos, além do aspecto cultural local. “Serra de Bruxaxá, de grandes casarios e montanhas, terra do pintor Pedro Américo e do ministro e escritor José Américo de Almeida. A obra entregue hoje é fruto de um planejamento de gestão para dois anos, que deu certo, apesar da crise econômica que assola o país e dos cortes no orçamento”, afirmou.


O juiz que ocupou a titularidade da comarca pelos últimos dez anos, Edailton Medeiros Silva (foto), compareceu ao evento e falou de sua luta para a implementação de melhorias no fórum. “Eram muitos os problemas. Arquivos sem ventilação, o que desencadeava proliferação de fungos e riscos de problemas respiratórios nas pessoas; infiltrações; goteiras, remoção de móveis em períodos de chuva, pouco espaço para locomoção. Hoje, Areia está agradecida pela solução de todos estes problemas”, destacou.

Já o juiz substituto Gilberto de Medeiros Rodrigues, que ocupa o cargo de diretor do Fórum atualmente falou sobre a importância de um ambiente estruturado para o andamento dos trabalhos. “Hoje, Areia é a comarca que mais arquiva processos no Estado. Isso significa atividade jurisdicional, celeridade e atendimento ao público. Servidores que estão sempre se aperfeiçoando e produzindo mais”, pontuou.

O magistrado destacou ainda a infraestrutura nova após a reforma. “Um cartório adequado produz muito. Temos salas de audiências, gabinete, salas para assessoria, setores de Distribuição, Secretaria, Salas para Oficiais de Justiça, Ministério Público, Defensoria, Tribunal do Júri. A comarca está preparada e equipada”, declarou.



Gabriela Parente
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário