Últimas Notícias

Em Nova Floresta menor armado faz arrastão, rouba populares, atira em homem e vítima veio a óbito.

Vítima e menor acusado do crime
Na noite deste domingo (15), um individuo realizou um arrastão na cidade de Nova Floresta, no Curimataú paraibano. Uma vítima foi alvejada ao tentar intervir assalto e morreu no hospital de Cuité.

O primeiro caso ocorreu por volta das 18h20, por trás do Coreto, na Praça do Colégio. No momento do crime, aproximadamente 10 jovens brincavam, quando um meliante de short vermelho e com uma camisa preta tampando o rosto, chegou com um revólver na mão e rendeu o grupo. O suspeito muito nervoso ameaçava atirar nos jovens caso não entregassem os pertences. As vítimas que estavam com o celular, conseguiram jogar no canteiro do local e entregaram apenas o dinheiro que continha nos bolsos e carteira. Uma vítima disse a nossa equipe de reportagem, que durante a ação do bandido, a camisa saiu da cabeça dele e ela viu que o mesmo aparentava ser menor de idade e estar sobre o efeito de entorpecentes.

Após o assalto, o suspeito seguiu no sentido do cemitério, onde tentou assaltar uma casa, mas ao ver a presença do marginal, o proprietário fechou de imediato a porta. Ele então continuou seguindo em busca de mais vítimas e invadiu uma residência por trás oficina de Zé Paulo, rendendo uma família e levando uma carteira.

O último assalto foi a um idoso, onde um popular identificado como José Antônio de Moura (Antônio Matador), tentou intervir e foi alvejado pelo assaltante. Segundo informações, a vítima pediu para que o bandido deixasse o senhor quieto, quando enfurecido o criminoso atirou contra Antônio.

A vítima foi socorrida pela equipe do Samu e encaminhada para o Hospital de Cuité, mas veio a óbito logo em seguida.

Através das rondas realizadas pela Polícia Militar, a guarnição conseguiu localizar o menor de 17 anos, acusado de cometer os crimes. Com o mesmo, foi encontrado a arma utilizada no homicídio.

O jovem foi encaminhado à delegacia de Picuí, onde funciona o plantão da noite e será ouvido pelo delegado.

O menor é irmão de uma mulher acusada de roubar celulares, juntamente com o companheiro. O casal foi preso no ano passado.



NoticiandoPB

Nenhum comentário