Últimas Notícias

1 milhão de famílias retornam a pobreza e voltam para o Bolsa Família.


O golpe de 2016, semeado em 2015 pela aliança entre Aécio Neves (PSDB-MG) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), fez com que quase 1 milhão de famílias retornassem à situação de pobreza extrema no Brasil e voltassem ao Bolsa Família.

No ano passado, o desastre econômico produzido por Michel Temer levou 519,5 mil famílias de volta ao Bolsa Família.

O número é recorde e revela a quantidade de brasileiros que voltaram à situação de pobreza extrema, recorrendo novamente ao benefício.

Em 2015, quando o Brasil foi governado na prática pela aliança do "quanto pior, melhor", feita entre Aécio e Cunha, outras 423,6 mil famílias retornaram ao Bolsa Família.

Ou seja: o custo do golpe é de quase 1 milhão a mais de famílias em situação de extrema pobreza.

Nestes dois anos, em que a presidente Dilma Rousseff foi primeiro sabotada por Aécio e Cunha e depois derrubada por Temer, 5 milhões de brasileiros perderam seus empregos.

Os dados são de reportagem da jornalista Renata Mariz, publicada no jornal O Globo.



Brasil 247

Um comentário:

  1. O interessante disso é que nos anos em que o PT governou não conseguiram dar solidez ao Pais, só promoveram verdadeiras "maquiagens" que nas primeiras dificuldades se desfizeram como castelos de areia. mas o que é de se esperar de um partido em que a politicagem impera!, um partido onde por si só não tem sustentação, necessita de coligações obscuras com políticos corruptos de toda espécie para chegar ao poder, infelizmente toda essa bandalheira que o pais atravessa é culpa do povo, eleitores encabrestados que nunca aprenderam a votar, votam com amor, votam com paixão,votam por fanatismos, esquecendo-se de que políticos são servidores públicos, têm a obrigação de fazer pelo bem de toda uma sociedade.

    ResponderExcluir