Últimas Notícias

Delegado da Polícia Civil que trabalhou em Picuí, preso em João Pessoa é afastado das atividades.


O delegado de Polícia Civil da Paraíba, José Guedes Sobrinho, da 11ª Delegacia Distrital, no bairro do Valentina, em João Pessoa, irá responder procedimento administrativo. Ele foi indiciado pelos crimes previstos nos artigos 311, parágrafo 1º, e 312 do Código Penal Brasileiro, que tratam de adulteração de veículos e peculato, e autuado em flagrante na noite de sábado (11), na Central de Polícia. O agente foi afastado das atividades policiais nesta segunda-feira.

De acordo com o delegado geral de Polícia Civil, João Alves de Albuquerque, uma reunião do Conselho Superior de Polícia foi realizada na tarde desta segunda-feira (13), na qual José Guedes Sobrinho foi afastado de suas atividades. “Não coadunamos com esse tipo de conduta. Neste caso, a prisão foi realizada por policiais militares, mas também em outros casos a própria Polícia Civil foi responsável pela prisão de seus integrantes, a fim de valorizar quem de fato trabalha da maneira correta e dentro da legalidade”, frisou.

A prisão do delegado foi motivada por denúncias anônimas encaminhadas ao Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) sobre a existência de um veículo Eco Sport com restrição de roubo. A abordagem aconteceu no bairro do Bessa, onde foi confirmada a adulteração pela conferência dos chassis do carro. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva ainda no fim de semana e José Guedes Sobrinho encaminhado para audiência de custódia.




Correio da Paraíba 

Nenhum comentário