Últimas Notícias

Homem preso no Grande Recife confessa ter mandado matar a esposa na frente dos filhos na PB.

Acusado
A polícia Civil de Pernambuco prendeu um homem de 44 anos que confessou ter mandado matar a esposa, de 25 anos, na frente dos filhos na Paraíba. A prisão ocorreu na manhã deste sábado (11), em Paulista, no Grande Recife. No vídeo, gravado por policiais, ele diz, sem esboçar nenhuma reação, que pagou R$ 1.500 para um homem simular um assalto e matar a mulher em dezembro de 2016.

O casal estava junto há três anos. O homem alega que a esposa o ameaçava e não o deixava ver os filhos. “Não aceitava minha família e não deixava eu ver meus filhos. Conheci um homem na rua e paguei o que ele me pediu, R$ 1.500, para matá-la. Ele mesmo teve a ideia de simular o roubo e efetuar o disparo durante”, diz no vídeo.

A mulher foi morta a tiros no bairro de Bodocongó, em Campina Grande (PB), no dia 21 de dezembro do ano passado. Na época, o suspeito disse à polícia que um homem armado anunciou o assalto quando chegavam em casa. A esposa teria se assustado e soltado uma sacola no chão. O movimento teria feito o suposto assaltante atirar.

Entretanto, as investigações apontaram que a versão dada pelo marido era, na verdade, uma farsa e que a vítima havia sido executada. A suspeita é que o crime tenha sido motivado porque a mulher descobriu o envolvimento do marido em crimes patrimoniais. Ele teria mandando matá-la como queima de arquivo.

O homem preso tem quatro filhos de dois casamentos, estava morando no município pernambucano desde janeiro deste ano e, há 15 dias, tinha iniciado um relacionamento com uma mulher. Após fugir, ele pintou o cabelo na tentativa de despistar a polícia.

De boné e óculos, o homem foi detido quando saía de casa e, segundo o delegado Salatiel Patrício, não reagiu a prisão. "Ele resolveu confessar como forma de atenuar qualquer penalidade que viesse a sofrer", acredita. O homem preso foi encaminhado para penitenciária em Campina Grande, na Paraíba.



G1

Nenhum comentário