Últimas Notícias

Intercâmbio: Vereador Ranieri Ferreira apresenta centro de compostagem a estudantes do IFPE e IFPB.


Um intercâmbio realizado ontem entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), através do campus Picuí e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), por meio do campus Vitória de Santo Antão, promoveu uma visita técnica à Fazenda Gavião e ao Centro Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos, em Picuí.

O agroecólogo e vereador Ranieri Ferreira e o professor Fred Pereira, do IFPB, receberam a comitiva com cerca de 20 estudantes e três professores pernambucanos, além de 10 alunos do campus Picuí. O grupo visitou a fazenda Gavião, pela manhã. À tarde, conheceu o Centro Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos.

Fazenda Gavião

A Fazenda Gavião é uma propriedade experimental de produção agroecológica, localizada na comunidade Serra Baixa.

O projeto é tocado pelo vereador Ranieri Ferreira e seu irmão, o zootecnista Robson Ferreira, juntamente com seus pais Guia e Roberto.

“Essa é a única propriedade da região que, apesar dos seis anos de seca, ainda mantém áreas em produção”, explicou Ranieri.

Contenção de solos em áreas de declive, utilização de cercas verdes, isolamento de áreas de restauração de caatinga e recuperação de outras já degradas são algumas ações realizadas na fazenda.

Os estudantes conheceram todos os experimentos. Mas a visita foi focada na adubação orgânica e na produção de lavouras xerófilas, adaptadas ao clima semiárido.

Centro de compostagem

O Centro Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos é fruto de uma parceria entre o IFPB e a Prefeitura de Picuí. A unidade recebe 40 toneladas de resíduos orgânicos por mês, processa o material, que antes era descartado como lixo, e produz adubo.

Ainda em fase experimental, o centro recebeu maquinário do IFPB, que realizará vários experimentos científicos no local.

O Núcleo de Estudos Agroecológicos (NEA), do Campus Picuí, disponibilizou os equipamentos de trituração dos resíduos orgânicos. A Prefeitura entrou com o prédio e as despesas dos experimentos. Toda a produção será destinada às propriedades agroecológicas.

“Nós fizemos a apresentação prática do processo. Eles gostaram muito e apresentamos a parceria institucional que está sendo desenvolvida entre o IFPB e a Prefeitura”, informou Ranieri Ferreira.

Ranieri explicou que o projeto envolve ações de campo e o processamento dos resíduos no centro.

Requerimento

O Centro Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos ainda não foi formalmente criado. Um acordo de cooperação será assinado entre a Prefeitura e o IFPB. O plano de trabalho já está pronto.

Amanhã, na sessão ordinária da Câmara, Ranieri vai apresentar um requerimento para a criação do centro. Ele acredita que todos os vereadores deverão aprovar a iniciativa do seu mandato.

Depois dessa etapa formal, os trabalhos no Centro Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos serão tocados pelo NEA, do IFPB, do qual Ranieri faz parte como pesquisador.

A etapa seguinte será a distribuição de adubo para as famílias cadastradas na Secretaria Municipal de Agricultura. “A Prefeitura dará todo o apoio logístico pra isso”, finalizou Ranieri.



Gabinete do vereador 

Nenhum comentário