Últimas Notícias

Polícia detém 118 pessoas durante dias de Carnaval na Paraíba.


Durante o Carnaval, 118 pessoas foram detidas pela polícia na Paraíba. Dessas, 13 foram presas ou apreendidas por suspeita de homicídio ou tentativa de assassinato. Os números são do balanço de ocorrências registradas pela Polícia Militar, divulgado na manhã desta quarta-feira (1º).

O boletim corresponde ao período que vai das 18h de sexta-feira (24) e vai até as 7h desta quarta. Ao todo, a corporação atendeu a 3.338 solicitações, que resultaram, além da detenção de 118 pessoas, na apreensão de 38 armas e 15 quilos de drogas.

Segundo a Polícia Militar, entre as prisões, estão 30 por porte ilegal de arma, 25 por roubo, 13 por homicídio ou tentativa, dez por crimes ambientais, dois em cumprimento de mandado de prisão, um por estelionato e um por contrabando de cigarros.

Ainda de acordo com a corporação, as principais drogas apreendidas foram maconha, crack e cocaína, além de seis litros do entorpecente conhecido como 'loló'. Também foram recuperados 18 veículos que tinham sido roubados.

Poluição sonora

Quanto às reclamações por causa de som alto, a polícia registrou 1.008 queixas, uma redução de 27% em comparação com o Carnaval do ano passado, quando foram feitas 1.036 denúncias. Do total de 1.008 registradas este ano, 859 foram em João Pessoa e nos Litorais Norte e Sul; 133 em Campina Grande e região; e as outras 16 no restante do estado. No litoral, sete pessoas foram detidas por esse tipo de crime.

As multas aplicadas chegaram a R$ 50 mil e dez 'paredões' de som foram confiscados. O crime de poluição sonora tem pena prevista de 1 a 4 anos de prisão e o infrator ainda tem que pagar uma multa que pode variar de R$ 5 mil a R$ 50 milhões, conforme prevê o artigo 61 do Decreto 6.514/2008.



G1

Nenhum comentário