Últimas Notícias

Saques acima de R$ 5 mil do FGTS não poderão ser feitos aos sábados.


O diretor executivo do FGTS da Caixa Econômica Federal (CEF), Valter Nunes, disse que os trabalhadores que possuem valores de acima de R$ 4. 999 e pretendem pedir a transferência para outros bancos não devem procurar o atendimento da Caixa aos sábados. Segundo ele, para este tipo de operação será necessário efetuar um TED, mas o procedimento depende do funcionamento da outra instituição financeira, que estará fechada.

— A operação com TED não será possível ser feita no sábado. Já no caso de transferências com valores abaixo de R$ 5 mil, utilizando o DOC, o recurso transferido no sábado, e a operação é concretizada no próximo dia útil, no caso na segunda-feira à noite, e o dinheiro vai cair na conta do beneficiário na terça-feira — explicou Valter nunes.

Mais de 4,8 milhões de brasileiros têm direito ao saque a partir de março. O valor total disponível para saque nesse mês ultrapassa R$ 6,96 bilhões e equivale a 15,9% do total disponível.

Cerca de 1,65 milhão de trabalhadores (34%) receberão automaticamente o crédito em suas contas na Caixa no dia 10 de março. Mais de 1,2 milhão (25%) poderá sacar utilizando Cartão Cidadão no autoatendimento, lotéricas e Correspondentes da Caixa. Os demais trabalhadores deverão sacar seus recursos nas agências da Caixa.

Três estados concentram 53% do total de trabalhadores

Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais concentram 53,7% dos trabalhadores com direito ao saque do FGTS e somam mais de 64% do valor total. São Paulo alcança 33,2% do total de beneficiários e cerca de 45% do valor disponível para todo o país, seguido pelo Rio, com 9,46% em quantidade e 11,73% em valor. Minas possui 10,97% dos trabalhadores habilitados para saque e 7,49% do saldo. Esses números mantêm uma média em relação ao calendário e distribuição por estado em todo o período de saque.

Confira o calendário de saques:

O mês de abril terá o maior volume de pagamentos, com a possibilidade de saque para os trabalhadores que fazem aniversário nos meses de março, abril e maio. Ao todo, 26% dos trabalhadores terão o direito de retirar o montante entre os dias 10 de abril e 11 de maio. Os saques seguem cronograma de acordo com o mês de nascimento do trabalhador:

Entre 12 de maio e 14 de junho, os cotistas que fazem aniversário nos meses de junho, julho e agosto poderão sacar o valor das contas inativas. Segundo a Caixa, o período compreende 25% das pessoas com direito aos benefícios.

Esse é o mesmo percentual dos que poderão efetuar o saque das contas inativas entre os dias 16 de junho e 13 de julho, período destinado para os trabalhadores que fazem aniversário em setembro, outubro e novembro.
De 14 a 31 de julho, poderão fazer o saque os trabalhadores aniversariantes no mês de dezembro, que representam 8% do total.

A data limite para realizar o saque termina em 31 de julho. Quem perder o prazo só poderá sacar o valor das contas inativas quando se aposentar, comprar moradia própria ou se enquadrar nas outras possibilidades de saque previstas nas regras do fundo, entre elas, ser morador de região afetada por catástrofe natural.



Extra

Nenhum comentário