Últimas Notícias

Luiz Couto tacha Temer de "primeiro ministro de Satanás".


Em debate sobre a reforma da Previdência, no interior do Estado, no último final de semana, o deputado federal Luiz Couto (PT) tachou o presidente Michel Temer de "primeiro ministro de Satanás".

Luiz Couto (PT-PB) teve uma agenda movimentada na sexta (31), e no sábado, 1º de abril, na Paraíba. O parlamentar viajou até Remígio na sexta-feira para participar das comemorações do 60º aniversário de emancipação política do Município. Ao lado do prefeito Melchior Naelson, mais conhecido como Chió, dos vereadores Nilsão e Diego, do PT e outros parlamentares aliados, o parlamentar se juntou à população para festejar a data.

À tarde, na Câmara Municipal, Couto integrou um debate sobre a Reforma da Previdência, atendendo a requerimento do vereador Nilsão, que coordenou os trabalhos.

Já no sábado à tarde, o deputado federal esteve em Soledade, onde a Reforma da Previdência voltou a ser debatida, mas, desta vez, em praça pública, em evento organizado pelos próprios trabalhadores rurais. Em sua exposição, Couto criticou o projeto do presidente da República, Michel Temer (PMDB) e a perda de direitos decorrente da proposta. O deputado se posicionou radicalmente contra a reforma e, repercutindo uma declaração do deputado estadual Frei Anastácio, segundo a qual Temer teria sido enviado por "Satanás" para oprimir o povo, lembrou o provérbio popular que diz "quando o Diabo não vem, manda o secretário".

"O Diabo mandou Temer, que não é secretário, mas deve ser o primeiro ministro", brincou Couto.

Além dos trabalhadores e da comunidade da zona rural, sindicalistas e do vereador Francisco Júnior, de São João do Cariri, a deputada estadual Estela Bezerra (PSB) e o ex-vereador de Campina Grande, Napoleão Maracajá (PCdoB), representante do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Compartimento da Borborema (Sintab) também tomaram parte no ato.



ParlamentoPB

Nenhum comentário