Últimas Notícias

Estudantes da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen realizam mostra mineralógica.


Os estudantes do Curso Técnico em Mineração da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen, localizada na cidade de Santa Luzia, realizaram, na semana passada, uma Mostra Mineralógica com os principais minerais encontrados e extraídos na Paraíba. O evento ocorreu nos Laboratórios de Geologia e Tratamento de Minérios, onde são realizadas atividades teóricas e práticas.

A ação contou com a participação de professores, alunos e toda a comunidade escolar, com troca de experiências e conhecimento das principais rochas e minerais encontrados no subsolo paraibano, em especial da região do Seridó.

Segundo o coordenador do Curso Técnico em Mineração, Antônio de Pádua Sobrinho, o Estado da Paraíba é detentor de grandes reservas minerais, com atividades extrativas já consagradas há anos. “Acontece que esse patrimônio geológico é desconhecido pela maioria da população, portanto é importante a existência permanente de atividades como esta, para o aperfeiçoamento do aprendizado e para mostrar ao aluno a importância de sua formação e o mercado de trabalho”, destacou o coordenador.

Durante a Mostra Mineralógica os alunos expuseram as principais rochas e minerais e explicaram a utilidade de cada minério, como eles são extraídos e a importância da atividade mineradora na região, destacando o potencial geológico da Paraíba. Também fez parte da mostra uma exposição de maquetes de unidades de beneficiamento de minérios explicando quais os processos que esses minerais passam antes da sua utilização na indústria.


Na oportunidade, os alunos receberam exemplares do livro “Trilhas da Mineração no Seridó”, de autoria do geólogo José Aderaldo de Medeiros Ferreira, da cidade de Santa Luzia, que fez uma doação para os alunos. “Essa doação vem agregar valor aos projetos já desenvolvidos com os alunos que precisam conhecer a sua história e a importância da mineração para essa região. No livro, o autor traz informações e dados sobre a mineração que poucos conhecem, tanto da Paraíba quanto no nosso estado vizinho Rio Grande do Norte, em uma linguagem clara e de fácil leitura, possibilitando um melhor entendimento, colocando o leitor diante de uma realidade econômica e social desconhecida por muitos, a partir da exploração mineral no Seridó Paraibano”, finalizou Antônio de Pádua Sobrinho.



Secom

Nenhum comentário