Últimas Notícias

Em Cuité Governo do Estado promove curso de formação sobre preservação do patrimônio histórico e cultural da Barragem do Retiro.


O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Meio Ambiente, realizou nesse domingo (4) visita técnica à área de influência da Barragem Retiro, no município de Cuité. A visita faz parte do curso de formação para conservação do patrimônio histórico cultural e arqueológico que está sendo ofertado aos professores da rede pública de ensino.  A ação teve como principal objetivo transmitir aos professores a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural da Barragem de Retiro. Cerca de 30 profissionais participaram das atividades.

Durante o treinamento, os professores participaram de trilhas na área da barragem, conhecida por possuir pinturas rupestres que podem ter sido feitas por homens que viveram no local há mais de 6 mil anos. As atividades fazem parte de um curso de formação que está sendo promovido pelo Governo do Estado sobre resgate arqueológico e educação patrimonial.

De acordo com Vanessa Oliveira, gerente executiva da Secretaria de Meio Ambiente, os treinamentos são de grande importância para a preservação do patrimônio histórico e cultural da Barragem de Retiro. “Os professores são grandes multiplicadores e com esse curso eles vão transmitir o máximo de conhecimento para seus alunos sobre as peculiaridades e o potencial arqueológico de conservação do patrimônio histórico e cultural como um todo e principalmente sobre a Barragem de Retiro. O Governo do Estado vem investindo nessas capacitações porque entende a importância da preservação desses espaços”, ressaltou.

O professor de ciências, Janailson Araújo, ressalta a experiência de ter participado das atividades durante o domingo. ”Pra mim foi muito importante ter participado desse momento, pois a gente saiu um pouco da sala de aula para aprender na prática a história do nosso município. Agora vou tentar, da melhor maneira possível, passar tudo o que aprendi para meus alunos”, destacou.

O arqueólogo e historiador da Universidade Federal de Mato Grosso, Luciano Pereira, que está ministrando o curso para os professores, afirma que a forma de como está sendo transmitido conhecimento aos professores torna o curso mais atrativo e de fácil compreensão. “O patrimônio cultural é uma área bastante interdisciplinar e uma atividade como essa, que utiliza trabalhos em campo, promove o contato com a natureza, com os sítios arqueológicos, e visita ao Museu do Homem do Curimataú, é extremamente profícuo para a compreensão desses professores.

Luciano ainda destaca a riqueza histórica que possui a Barragem de Retiro. “O local possui pinturas rupestres e os sítios arqueológicos mostram uma relação bastante peculiar do homem com a natureza. A questão da arqueologia está relacionada em como o homem transforma a natureza para a sua sobrevivência para o seu sustento e essa barragem de Retiro demonstra a relação peculiar de como esses homens estabeleciam as relações sociais entre si e como eles passavam a utilizar os recursos naturais para o seu sustento.

Durante esta semana, o curso de formação segue com aulas teóricas para professores das redes estadual e municipal de ensino.



Com Secom

Nenhum comentário