Últimas Notícias

Lixo hospitalar descartado a céu aberto em Picuí teve autor identificado pela infraestrutura.


Na manhã desta quarta-feira (16), um terreno pertencente a particulares, localizado no Bairro São José, na cidade de Picuí, Seridó paraibano, serviu de descarte a céu aberto, de lixo contendo entre estes, papeis e receituário de controle especial da Secretaria de Saúde de Picuí.

Na manhã desta quarta-feira a denúncia foi levada ao AR no Jornal da Sisal, que ouviu a secretária de saúde do município Janaína Lima. Segundo ela, a secretaria de infraestrutura do município identificou que o lixo em tela teria sido proveniente de uma farmácia do município de Picuí, a qual já tinha sido identificada e notificada.


“Quero deixar claro que o lixo não é da secretaria de saúde do nosso município, pois todo lixo da pasta é transportado por carros coletores adequados e levados para o local apropriado”. Disse Janaína.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece regras nacionais sobre o tratamento de resíduos hospitalares e de serviços de saúde para evitar que o despejo irregular cause danos à saúde humana e ao meio ambiente.

Tais materiais podem representar risco se não houver adoção de procedimentos técnicos adequados no manejo dos diferentes tipos de resíduos gerados, como materiais biológicos contaminados com sangue, seringas com agulhas, entre outros.



Portal do Curimataú

Nenhum comentário