Últimas Notícias

O Cooperativismo Mineral como propulsor da atividade garimpeira no Seridó paraibano.

Neste sábado, 26 de agosto de 2017, o Pesquisador e Téc. em Mineração, Antonio de Pádua Sobrinho, durante a apresentação do programa setor mineral em foco, transmitido pela Web Rádio Sussuarana de Frei Martinho falou da importância do cooperativismo mineral para a região do Seridó. 

Segundo ele o cooperativismo mineral, apesar de não ter sido   amplamente absorvido pela classe garimpeira do Seridó Paraibano constitui o principal instrumento para o desenvolvimento dos princípios norteadores do empreendedorismo cooperativo por parte dos seus associados. É a maneira mais eficaz de conduzir treinamento básico de condições de acessibilidade ao subsolo, ao aproveitamento eficaz dos recursos minerais disponíveis, à segurança e saúde no trabalho e à recuperação ambiental das áreas degradadas. “Para tanto é necessária à consolidação  e fortalecimento das cooperativas de mineração como instituições   de fomento ao avanço tecnológico, social, ambiental e econômico à pequena mineração, dotando-as de logística capaz de integrar toda cadeia produtiva: pesquisa, lavra, transporte, beneficiamento, venda do produto no mercado, meio ambiente (EIA-RIMA, PRADs), capacitação, segurança do trabalho e saúde do garimpeiro,   legalização de áreas junto aos órgãos regulamentadores e  contratação de profissionais da área tais como: Engenheiros de Minas, Geólogos ou  Técnicos   em geologia e mineração.” Disse

“O Estado da Paraíba é referência em cooperativismo mineral o analista do Ministério de Ciência e Tecnologia, Elzevir Guerra, destacou em uma matéria vinculada no “Portal do Governo da Paraíba” que o nosso estado realiza um bom trabalho no incentivo de criação de cooperativas.  Para ele as cooperativas são um instrumento importante dentro do setor de mineração, pois facilita a capacitação dos trabalhadores e aquisição de benefícios para o setor e a Paraíba é exemplo no cooperativismo mineral. Ele  Lembra  que o Estado já ganhou em primeiro lugar o Prêmio Melhores Práticas de iniciativa da RedeAPLmineral com o trabalho que foi desenvolvido sobre o Aproveitamento de resíduos de quartzito da região do Seridó, desenvolvido  pela Universidade Federal de Campina Grande, o Centro de Tecnologia Mineral do Governo Federal e a Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, por meio da antiga Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais da Paraíba, hoje Diretoria de Recursos Mineral e Hidrogeologia da Paraíba, DRMH.” Concluiu Sobrinho 

O programa “ Setor Mineral em foco” vai ao ar todo sábado de 11 ás 12 horas, tem a  apresentação de Antonio de Pádua Sobrinho e participação de Chiquinho Dantas, os ouvintes  podem  interagir através das redes sociais twitter, facebbok, Instagram e whatsapp da rádio 83 9 88 93 57 61 e escutar por meio do  site:  http://radiosussuarana.com.br/


Antonio de Pádua Sobrinho

Nenhum comentário