Últimas Notícias

PEDRA LAVRADA: Prefeito Jarbas Melo admite possibilidade de não conseguir pagar folha de setembro.

Jarbas Melo - prefeito de Pedra Lavrada PB
O Prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas Melo (PSD) declarou a radialista Aline Eliziário, em sua participação ao programa “A hora do Município” transmitido através da Rádio Boa Esperança FM, que se não houver uma receita extra ele não conseguirá pagar a folha do mês setembro. 

Segundo o chefe do executivo, suas esperanças se voltaram para a previsão do valor que Pedra Lavrada, poderia receber com a segunda fase do programa de repatriação de ativos, que permite que contribuintes regularizem bens mantidos no exterior e que não haviam sido declarados à Receita Federal.  Em sua segunda fase, o programa conseguiu arrecadar R$ 1,62 bilhão quando a meta inicial era de R$ 13 bilhões, meta essa que foi revisada no mês passado, e chegou a casa dos R$ 2,9 bilhões.

De acordo com dados divulgados pela Receita Federal, os municípios classe 0.6 ,aqueles com menos de 10mil habitantes, receberão o equivalente a R$ 23.604,98.  Em sua fala o Prefeito ainda fala que medidas serão tomadas para que o funcionalismo municipal não seja prejudicado com a situação atual. 

“O que vou falar aqui agora pode até dá um choque em quem está ouvindo. Se realmente não houver uma esperança uma receita extra o mês de Setembro eu não consigo pagar a folha. Isso é angustiante, é preocupante mais a população tem que saber o que está se passando.

O que ia nos salvar seria a repatriação onde a previsão inicial era para que Pedra Lavrada recebesse em torno de R$ 750mil, dia 10 vamos receber R$ 23mil da repatriação. Infelizmente é uma realidade dura, mas que tem que ser enfrentada.  Então, temos que tomar algumas medidas? Temos. E vamos procurar tomar para que o funcionário não venha ser penalizado com falta de pagamento. A gente já está fazendo esse estudo e esse levantamento direitinho.

O que mais me impressiona é que tenha pessoas que comemorem isso, esse mês para pagar a educação foi difícil o dinheiro do dia 10 entrou e no dia 11 o governo levou de volta porque disse que veio demais em 2016 e alguns professores comemoraram isso “ eita ele vai atrasar esse mês” meu Deus a gente tem que procurar soluções." Finalizou o prefeito Jarbas Melo



Por Anderson Eliziário

Nenhum comentário