Últimas Notícias

CAICÓ: 'Plano articulado', diz direção sobre tentativa de fuga no presídio ‘Pereirão’.


Uma queda de energia e a instalação de grampos em dois acessos ao presídio conhecido como ‘Pereirão’, em Caicó, região Seridó potiguar, são motivos que levam agentes penitenciários e Polícia Militar a acreditarem na existência de um plano articulado para a fuga de vários presos da unidade. Uma tentativa foi frustrada na madrugada desta segunda-feira (25). Os agentes encontraram teresas - cordas feitas com lençóis - que seriam usadas pelos apenados.

De acordo com a direção da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o caso aconteceu por volta das 3h30. Durante uma queda de energia, os agentes penitenciários e policiais militares, responsáveis pela guarda externa, perceberam um preso correndo em direção ao muro, com uma teresa. "Foi dado um tiro de advertência e ele voltou", conta o diretor da unidade, Ubirajara Oliveira. O preso teria conseguido chegar à parte externa passando por combogóis.

Ao serem avisados da tentativa de fuga, agentes de grupos especiais da Secretaria de Justiça e Cidadania, além de equipes do 6º Batalhão da Polícia Militar se deslocaram ao presídio. No caminho, porém, alguns dos carros tiveram pneus furados por grampos, que tinham sido instalados em duas entradas para o presídio, na ponte velha e nas proximidades do IFRN do município. "Foi um plano articulado", considerou o diretor do presídio, que teve dois pneus de seu carro furados pelos grampos.

"Com certeza tinha alguém do lado de fora dando apoio a essa tentativa de fuga", afirmou o tenente coronel Walmary Costa, comandante do 6º BPM. A suspeita é de que a queda de energia também tenha sido provocada criminosamente. Uma corrente de ferro jogada em fiações da cidade, pode ter provocado um curto-circuito. "Vamos procurar a Cosern para saber se foi um problema técnico ou uma ação intencional", revela o comandante.

Nenhum suspeito foi detido na área externa do presídio. De acordo com a direção da unidade, uma recontagem foi realizada na manhã desta segunda e constatou que nenhum preso escapou.



G1

Nenhum comentário