Últimas Notícias

Em Picuí agentes comunitários de saúde participam de palestra sobre mucopolissacaridose.


Na manhã desta quarta-feira (20), os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), médicos e enfermeiras das equipes de Estratégia de Saúde da Família estiveram participando, no auditório municipal, de uma palestra sobre a mucopolissacaridose, doença rara que afeta vários sistemas do corpo humano e danos aos órgãos. A palestra foi ministrada pela Doutora Paula Francinete, geneticista da Universidade Federal de Campina Grande, que destacou vários pontos da doença e como pode ser identificada.

“Essa palestra foi muito esclarecedora porque existem crianças no município que é portadora da doença e não sabíamos, mas agora, depois desse momento rico e de crescimento profissional podemos ajudar melhor as famílias que fazem são atendidas pelo sistema público de saúde”, disse uma participante.

De acordo com o site Sanofi Genzyme, que é especializado em doenças raras, a Mucopolissacaridose I (MPS I) é um distúrbio genético raro que afeta muitos sistemas do corpo e leva a danos dos órgãos. Ela é causada por um defeito no gene que fabrica uma enzima chamada alfa-L-iduronidase. Por conta disso, as células produzem a enzima em pequenas quantidades ou não podem produzi-la. 

Essa enzima é necessária para romper substâncias chamadas glicosaminoglicanos (GAGs), que são cadeias longas de moléculas de açúcar complexas usadas na construção de ossos, cartilagem, pele, tendões e muitos outros tecidos. Caso os GAGs não sejam rompidos, eles se acumulam na célula, eventualmente levando a danos não só à célula, como ao tecido e aos órgãos.


Ascom

Nenhum comentário