Últimas Notícias

Em Vista Serrana, interior da Paraíba, vereadores só trabalham 14 dias por ano, mas recebem R$ 2.700 mensais.


Que tal trabalhar apenas 14 dias no ano, receber R$ 2,700 por mês e ainda ter cinco meses de férias. O exemplo mais uma vez, vem da política, ou melhor, dos políticos. Essa ‘vida boa’ é a realidade dos oito vereadores do município de Vista Serrana, cidade do Sertão da Paraíba.

Na cidade, os moradores classificam a ‘mamata’ como trabalho dos sonhos.

Na Casa de Sebastião Gomes Xavier os vereadores trabalham pouco e, quando trabalham, conforme relatos do próprio prefeito Sérgio Garcia, a pauta gira em torno de assuntos de benefício pessoal e não de suas bases eleitorais ou da coletividade. A prática, ainda segundo ele, é tida como normal, na cidade.

“Pra ser sincero sobra tempo. Eu já fui vereador e participo constantemente das reuniões da Câmara vejo que aqui nossos assuntos são mais relacionados a política pessoal do que ao desenvolvimento do município”, disse.

Em abril, o vereador Wedson, do PMDB, que foi o mais votado nas eleições de 2016, tentou aprovar um projeto que reduzia esse período do recesso e sugeria que os parlamentares produzissem mais e descasassem menos, mas a proposta foi rejeitada. O projeto previa um recesso apenas de 40 dias e desconto no ponto dos faltosos.

“Nós como legisladores temos que dá exemplos. Esse projeto buscava diminuir o recesso, mas não prosperou. A proposta foi rejeitada por 4 votos a 3”, disse.

Ele adiantou que vai esperar o tempo regimental e, em 2018, vai voltar apresentar o projeto para diminuir o recesso e aumentar a produção.

Em uma conta rápida, os vereadores recebem praticamente R$ 2300 por dia que coloca o pé na Câmara para trabalhar. É, realmente, um emprego dos sonhos. As informações são da TV Paraíba.




Via PB Agora

Nenhum comentário