Últimas Notícias

Estado divulga detalhes da prisão de suspeitos de homicídio do jovem Neto Quirino ocorrido em Picuí.


A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo de equipes da 13ª Delegacia Seccional, com sede em Picuí, no Curimataú do Estado, prendeu nessa quinta-feira (28) Daniel Cleyton Dantas Santos, por força de mandado de prisão.

Ele, José Thiago do Nascimento e Lindoilson Santos Oliveira foram indiciados pelo homicídio de Antônio Quirino dos Santos Neto, ocorrido no dia 16 de julho deste ano.

De acordo com a Polícia, José Thiago e Lindoilson já estavam presos, sendo suas prisões temporárias convertidas em preventivas.

“A Polícia Civil em Picuí conseguiu reunir provas incontestáveis de que os indiciados participaram deste homicídio, sendo que Tiago foi quem efetuou os disparos, após agredir a vítima, juntamente com o Daniel. Já Lindoilson deu suporte a Tiago e a Daniel na fuga para a cidade de Nova Floresta, na Paraíba, escondendo a arma do crime e ficando com o celular da vítima”, explicou o delegado seccional, Cristiano Brito.

As equipes policiais ainda apuram outros fatos relacionados ao homicídio, em que pessoas próximas dos autores tentaram atrapalhar as investigações, divulgando falsas situações, orientando e coagindo testemunhas.

“Estaremos atentos a estes fatos para que eles sejam identificados, responsabilizados e punidos na forma da lei. A Polícia Civil encerra o inquérito policial com os três acusados presos, ficando à disposição da Justiça”, finalizou a autoridade policial.

Prisão por tráfico – Também na tarde dessa quinta-feira (28), policiais civis e militares em Picuí realizaram a prisão de José William, em virtude de mandado judicial. O trabalho aconteceu no bairro de Limeira.

De acordo com a Polícia, o preso havia escapado de uma abordagem da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, na cidade de Carnaúba dos Dantas, quando conseguiu se evadir, deixando o carro e sua mulher, e ainda aproximadamente um quilo de droga.

William já vinha sendo monitorado pela Polícia Civil, em Picuí, por tráfico de drogas, e no momento da abordagem ainda tentou fugir novamente, pulando os muros das casas vizinhas, mas sem êxito.



Secom  

Nenhum comentário