Últimas Notícias

Em programa de rádio prefeito Olivânio cobra da AMSEC e da FAMUP ações em defesa dos municípios.

Keyles Lucena, Olivânio Remígio e jornalista Janderye Macedo 
O município de Picuí deverá perder um milhão e meio de reais no ano de 2018. A reprovação na Câmara Municipal pelos oposicionistas do projeto de adequação do Código Tributário Municipal (CTM), para receber os recursos do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) incidente sobre os serviços de administração de cartões, leasing e planos de saúde, fará com que Picuí perca esse montante de recursos.

Atualmente os municípios atravessam uma crise financeira insuportável. O prefeito de Frei Martinho tem de dizer isso, ele representa os prefeitos da região, o prefeito Aido é obrigado a dizer isso, falar por todos os prefeitos, a Famup está aí, é obrigado a me representar porque pago todo mês, eu já falei várias vezes eu não quero ser tratado diferente, eu não sou bobo não [...]” – disse Olivânio Remígio entre os assuntos abordados no programa espaço popular deste domingo dia 01/10/2017.  

Além do prefeito Olivânio, o programa contou ainda com a participação dos vereadores Jean Barros e Jozelma de Aguifá e a secretária de assistência social Keiles Lucena. Acompanhe abaixo o programa na integra:





ClickPicuí 

Nenhum comentário