Últimas Notícias

Euda Fabiana fala de encontro com lideranças em Frei Martinho e confirma sua pré-candidatura a deputada estadual.


A ex-prefeita de Cuité Euda Fabiana usou as redes sociais para registrar o encontro que aconteceu no último domingo (29), na cidade de Frei Martinho com agentes políticos da região. Além do registro, a ex-prefeita aproveitou para confirmar sua pré-candidatura a deputada estadual.

Estive neste domingo (29) na cidade de Frei Martinho acompanhada de Bado Venâncio, do vereador presidente da Câmara de Cuité Geraldo Leite, bem como do sindicalista Everaldo Andrade.

Na ocasião em que estivemos na residência da ex-prefeita, minha amiga Ana Adélia, nos reunimos com vereadores do município, com os amigos Olivânio Remígio e Lucas Marques, prefeito e vice-prefeito, respectivamente, do município de Picuí, além de lideranças políticas de Baraúnas e representantes do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Para que não haja dúvidas e seja desmentidos alguns boatos, sou sim pré-candidata a deputada estadual para o pleito de 2018, e encontros regionais como este que aconteceu em Frei Martinho, buscam a consolidação de um projeto que abrace toda a região e possa, evidentemente, beneficiar a todos os municípios a partir do momento que alcançarmos sucesso, como há de ser com as bênçãos de Deus e a força do povo do Curimataú e Seridó da Paraíba” – disse.


Quanto a informação de que a ex-prefeita está sendo investigada pela PF por irregularidades do programa bolsa família durante sua gestão, seu esposo Bado Venâncio disse a nossa redação que Euda e toda a equipe está tranquila quanto a regularidade do programa no município, afirmando que a mesma não foi notificada pela Polícia Federal ou outro órgão de controle e que essa é mais uma denúncia infundada da situação.

“O Programa Bolsa Família em Cuité ou em qualquer outro município do Brasil, dispõe de pessoal próprio, digitadores, coordenadores que executam o programa, sem nenhuma interferência do Chefe do Poder Executivo e mais ainda, é um programa onde as pessoas carentes e que se enquadram nas condicionalidades do mesmo, fazem declaração dos dados da família, como por exemplo: Renda familiar; quantidade de filhos com respectivas datas de nascimento; se tem casa própria ou mora de aluguel, etc. E é com base nestes dados que cada família tem ou não o direito de receber o bolsa família. Euda e toda a equipe estão tranquilas quanto a regularidade do Programa no município e afirma que não foi notificada pela Polícia Federal ou outro órgão de controle. Isto é mais uma denúncia infundada da situação- pontou Bado.


Vamos aguardar o desenrolar dos fatos. 



ClickPicuí 

Nenhum comentário