Últimas Notícias

PT de Pedra Lavrada acusa Jarbas Melo de não ter se preparado para crise.

Jarbas Melo - Prefeito de Pedra Lavrada PB
Pedra Lavrada: O Partido dos Trabalhadores (PT), primeiro partido a aderir ao projeto de Governo do Prefeito eleito Jarbas Melo (PSD), nas últimas eleições, usou as redes sociais para divulgar nota a respeito de suas posições e pensamentos diante da gestão municipal.

De acordo com a nota, o PT não pode ser responsabilizado pelas ações do governo Jarbas Melo, quando esse não tem participação efetiva no governo municipal.

“O Partido dos Trabalhadores não tem participação efetiva no governo municipal, portanto, não pode ser responsabilizado pelas ações do mesmo” diz a nota.

O partido ainda justifica que a participação do seu membro e vice-prefeito João de Barros (PT), acontece de forma pessoal e não partidária.

“O vice-prefeito João de Deus Barros acumula o cargo de Secretário de Planejamento na gestão, mas é uma posição pessoal e não partidária.  O mesmo é secretário com o intuito de ajudar voluntariamente Pedra Lavrada (como sempre fez), não onerando a folha, uma vez que, não recebe pela função”

O PT ainda acusa o Prefeito Jarbas Melo de não ter se preparado para o enfrentamento da crise e que está solidário aos funcionários que estão com seus salários atrasados.

“O Partido se mostra preocupado e solidário com os funcionários que estão com seus salários atrasados. Apesar da sabida queda das receitas, é nítido que faltou planejamento da gestão para o enfrentamento da crise, o que tem resultado no seu agravamento em detrimento da população”

Confira a nota oficial do Partido dos Trabalhadores de Pedra Lavrada

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Pedra Lavrada, em reunião no dia 28 de outubro de 2017 torna público os seguintes esclarecimentos:

• O Partido dos Trabalhadores não tem participação efetiva no governo municipal, portanto, não pode ser responsabilizado pelas ações do mesmo;

• o vice-prefeito João de Deus Barros acumula o cargo de Secretário de Planejamento na gestão, mas é uma posição pessoal e não partidária.  O mesmo é secretário com o intuito de ajudar voluntariamente Pedra Lavrada (como sempre fez), não onerando a folha, uma vez que, não recebe pela função;

• O Partido se mostra preocupado e solidário com os funcionários que estão com seus salários atrasados. Apesar da sabida queda das receitas, é nítido que faltou planejamento da gestão para o enfrentamento da crise, o que tem resultado no seu agravamento em detrimento da população;

• O Partido dos Trabalhadores se coloca a disposição de Pedra Lavrada para ajudar no que for preciso na procura de estratégias para o enfrentamento da crise;

• O Partido apoia o posicionamento da sua representante na Câmara, Cleinha Solon, que reafirma sua opinião em defender os interesses do Povo, não compactuando com interesses políticos particulares.

Partido dos Trabalhadores de Pedra Lavrada, 28 de outubro de 2017.



*Por Anderson Eliziario

Nenhum comentário