Últimas Notícias

Prefeitos da PB poderão demitir contratados para cumprir pagamento de professores em 2018.


Os prefeitos da Paraíba poderão demitir contratados para cumprir o pagamento do magistério em 2018. Ontem, o ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou a portaria que estabelece um aumento de 6,81% para o piso salarial dos professores, o que corresponde a um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais.

De acordo com o presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, os prefeitos têm a obrigação de pagar o piso do magistério, já que se trata de uma lei federal, mas lamentou a falta de ajuda financeira do governo federal para ajudar os municípios.

“O governo federal só entra com 10% dos recursos. O que acontece nos últimos cinco anos é de que o percentual do reajuste do magistério foi superior aos repasses do Fundeb”, explicou.

Tota Guedes revelou ainda que a Famup está organizando um protesto em parceria com a Assembleia Legislativa contra o descumprimento do presidente Michel Temer (MDB) de repassar um aporte financeiro aos municípios este fim de ano. Segundo ele, vários prefeitos ainda estão em dívida com os fornecedores por conta da falta de repasse.

“Entre 80% e 90% dos prefeitos pagaram o décimo, mas estão devendo aos fornecedores. Esse foi o maior calote do governo federal junto aos municípios. É lamentável a maneira com que o governo trata os gestores municipais”, declarou.



Pb.com

Nenhum comentário