Últimas Notícias

Secretária de Educação de Boa Vista é morta em motel no dia do aniversário; marido suspeito cometeu suicídio após o crime.

Imagem: Reprodução

A cidade de Boa Vista, no Cariri da Paraíba, amanheceu de luto. A secretária de Educação Dayse Alves foi assassinada pelo próprio marido dentro de um motel, na BR 104, em Campina Grande. O crime que chocou a cidade aconteceu na noite dessa segunda-feira (15), dia em que a vítima comemorava aniversário.

Após o crime, o acusado Aderlon Bezerra de Souza, de 41 anos, cometeu suicídio.

O motivo do crime ainda não tinha sido revelado, até às 6h da manhã desta terça-feira (16).

Conhecidos do casal usaram as redes sociais para lamentar a tragédia, informando que os dois eram pessoas muito boas e queridas por quem os conheciam e ajudavam muita gente.

A informação das duas mortes foi confirmada pela coordenação do Centro Integrado de Operação (Ciop) da Polícia Militar de Campina Grande.

A equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) esteve no motel, fez a perícia e remoção dos corpos.

O superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, Luciano Soares, confirmou que o suspeito do crime é o marido da vítima, Aderlon Bezerra de Souza, de 42 anos. Ele estava armado com um revólver e após cometer o homicídio se matou com a mesma arma.

Ainda de acordo com informações da polícia, o aniversário da vítima foi no domingo (14) e o marido dela teria convidado a esposa para comemorar no motel onde aconteceu o crime. O casal deixou duas filhas.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram no local e continuam investigando o caso.


PB Agora

Nenhum comentário