ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BARAÚNA PB: Morre em C. Grande homem vítima de acidente com explosivo.

27 maio, 2015

'Jaílson de cigana'
Faleceu por volta das 23:00 horas desta terça feira (26), o senhor conhecido por ‘Jaílson de cigana’ residente em Baraúna PB, vítima de um acidente de trabalho ocorrido no município. Após o fato, a vitima foi transferida às pressas para o Hospital de Trauma em Campina Grande e não resistiu a um processo cirúrgico e faleceu.

Entende o caso:
Na manhã de terça feira (26), o senhor ‘Jaílson de cigana’ sofreu vários ferimentos pelo corpo, após um acidente de trabalho ocorrido com a explosão de pólvora no município de Baraúna PB.

Jaílson trabalhava num terreno onde será loteado e no momento do acidente, a vítima se preparava para detonar algumas pedras que seriam usadas como meio-fio no loteamento.

O proprietário do terreno Jadiel Marreiro, informou à imprensa que o profissional acidentado era experiente no tipo de trabalho, mas o que aconteceu foi que a pólvora explodiu antes do tempo programado. O material explosivo utilizado no serviço era legalizado, acrescentou Jadiel.

Após o acidente a vítima foi socorrida para o posto de saúde do município, em seguida uma equipe do SAMU de Picuí foi acionada, prestou os primeiros socorros e conduziu a vítima para o Hospital Regional de Picuí que após avaliação médica foi transferida para o hospital de Trauma em Campina Grande.
A vítima sofreu ferimentos na cabeça e pelo corpo perdendo muito sangue, infelizmente faleceu durante o processo cirúrgico.



Francisco Araújo 

MP que muda regra do seguro-desemprego passa em primeira votação no Senado.

26 maio, 2015


Em votação apertada, o plenário do Senado aprovou os pressupostos de urgência, relevância e constitucionalidade da Medida Provisória (MP) 665 – que trata de mudanças nas regras para acesso de trabalhadores aos benefícios do seguro-desemprego, seguro-defeso e abono salarial. Os pressupostos são o primeiro item da matéria a serem votados, antes da análise do mérito, e foram aprovados com 36 votos sim e 32, não.

A votação é polêmica porque vários senadores consideram inconstitucional o trecho da MP que modifica as regras do abono salarial. Atualmente, tem direito ao abono todo trabalhador que tiver trabalhado pelo menos 30 dias no ano anterior com carteira assinada e recebido até dois salários mínimos. O benefício é um salário mínimo.

A medida provisória modifica as regras estabelecendo que terá direito ao abono quem tiver trabalhado pelo menos 90 dias no ano anterior. Além disso, o pagamento será proporcional ao tempo trabalhado, sendo um doze avos para cada mês constante na carteira de trabalho.

Uma emenda foi apresentada para retirar do texto o artigo que estabelece essas mudanças. Se a emenda for aprovada, a medida provisória precisará voltar para última análise da Câmara dos Deputados e correrá o risco de perder a validade por decurso de prazo. Por isso, os líderes do governo trabalham para convencer os senadores a rejeitá-la.

Um grupo de sindicalistas acompanha a votação das galerias do plenário para tentar pressionar os senadores a rejeitarem a matéria. Manifestantes também fizeram protesto em frente ao prédio do Congresso hoje e jogaram estrume no entorno do Senado. No momento, não há mais movimentação em frente à Casa.



Agência Brasil

Câmara rejeita o sistema distrital misto.


Na segunda votação da noite de hoje (26), da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma política, os deputados rejeitaram a proposta do sistema distrital misto para as eleições de vereadores, deputados estaduais e federais.

Foram 99 votos a favor do distrital misto, 369 votos contrários à adoção do sistema no processo eleitoral brasileiro e duas abstenções. Com a rejeição desse dispositivo, os deputados começaram a debater o sistema denominado de distritão.

Para que seja aprovado o distritão, são necessários os votos favoráveis de no mínimo 308 deputados, na votação de hoje e em uma votação em segundo turno da PEC.

O sistema distritão vem sendo defendido pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pela bancada do seu partido e por outras bancadas. O PT, que tem a maior bancada na Câmara, é totalmente contrário à adoção do distritão.

O sistema estabelece que serão eleitos os candidatos mais votados na circunscrição eleitoral, na ordem da votação nominal que cada um tenha recebido. O sistema se destina à eleição de vereadores, deputados estaduais e federais.



Agência Brasil

BARAÚNA PB: Trabalhador sofre acidente no local de trabalho.


Na manhã desta terça feira (26), um homem identificado por Jaílson de cigana sofreu vários ferimentos pelo corpo, após um acidente de trabalho ocorrido com a explosão de pólvora no município de Baraúna PB.

Jaílson trabalhava num terreno onde será loteado e no momento do acidente, a vítima se preparava para detonar algumas pedras que seriam usadas como meio-fio no loteamento.

O proprietário do terreno Jadiel Marreiro, informou à imprensa que o profissional acidentado é experiente neste tipo de trabalho, mas o que aconteceu foi que a pólvora explodiu antes do tempo programado e o material explosivo utilizado era legalizado.

Após o acidente uma equipe do SAMU de Picuí foi acionada, prestou os primeiros socorros e em seguida conduziu a vítima para o Hospital Regional de Picuí que após avaliação médica foi transferida para o hospital de Trauma em Campina Grande. A vítima sofreu ferimentos na cabeça e pelo corpo perdendo muito sangue.

O radialista Wellington Santos da RC Rural Fm de Baraúna, postou agora a pouco numa rede social a seguinte informação sobre o estado de saúde da vítima:

Acabei de ser informado que infelizmente Jaílson perdeu um olho e terá que passar por uma cirurgia a qualquer momento para retirada de um pedaço de pedra na cabeça. Um dos médicos responsáveis está sendo o Dr. Pedro. Que deus nosso senhor e médico dos médicos o atendam e o abençoe, dando-lhe força, saúde e melhoras”.


Francisco Araújo com Rádio Tabajara e radialista Wellington Santos.

NOVA FLORESTA: ‘Bastinho’ de Severino do calçamento não resistiu aos ferimentos e faleceu em Campina Grande.


Segundo informações de familiares, ‘Bastinho’ de Severino do calçamento como era conhecido por todos de Nova Floresta, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito quando se preparava para uma cirurgia no hospital de Trauma de Campina Grande.

‘Bastinho’ foi vitima de um acidente essa madrugada.

Entenda o caso:
‘Bastinho’ de Severino do calçamento, como é conhecido em Nova Floresta/PB, se envolveu em grave acidente durante a madrugada dessa terça-feira (26) e só foi encontrado pela manhã.

Segundo informações colhidas no Hospital de Nova Floresta, o acidente ainda é um mistério, pois a suspeita é que ‘Bastinho’, que estava pilotando uma moto, teria atropelado um cachorro, que foi encontrado morto nas proximidades do local do acidente.

‘Bastinho’ foi encontrado pelo senhor Roque Rufino, que de imediato o levou para o hospital local.

No Hospital, ‘Bastinho’ passou por procedimentos médicos, realizados por Dra. Luzia e sua equipe que estava de plantão, mas devido à gravidade, uma equipe do Samu de Cuité foi acionada e entubou a vítima e realizou todo o trabalho de imobilização. O paciente foi acompanhado pela própria médica de plantão em Nova Floresta.

‘Bastinho’ estava com suspeita de traumatismo craniano e diversas escoriações pelo e foi levado para o Hospital de Trauma em Campina Grande/PB.



Galvani Silva com Central de Jornalismo da 89FM

PICUÍ: Centro de Convivência para Idosos promove palestra de conscientização de imunização contra a gripe.


Segunda-feira (25/05/2015), o Centro de Consciência para Idosos promoveu a 12ª palestra para os idosos do Programa Vida Ativa com o tema "Conscientização da Vacinação contra a Gripe". A palestra foi ministrada pela enfermeira Janaína Medeiros (ESF V) e sua equipe de estagiários do Curso de Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba - UFCG/Campus Cuité. 


Após a palestra, a equipe realizou a aplicação da vacina nos idosos que ainda não tinham sido imunizados contra a gripe. Cerca de cinquenta (50) idosos participaram do encontro, que acontece todas as segundas-feiras, às 15 horas, na sede do centro de Convivência para Idosos.


Ascom 

Deputados que integram a Frente Parlamentar da Água iniciam segunda etapa dos trabalhos com várias ações em Brasília.


Os deputados estaduais paraibanos que integram a Frente Parlamentar da Água já estão em Brasília, onde iniciam a segunda etapa das ações da Frente. A primeira etapa foi concluída, semana passada, com a elaboração do relatório de atividades, que retrata o diagnóstico feito pelos parlamentares durante as audiências públicas, visitas às obras e conversas com a população das cidades atingidas pela estiagem, e inclui as sugestões emergenciais e de curto e médio prazo da Frente para o enfrentamento do problema. A segunda etapa será a de fazer pressão política para que os recursos cheguem à Paraíba o mais breve possível.

E a pressão política começa com uma reunião da Frente, logo mais, às 14h, com o deputado federal Júlio Lopes, que coordena os trabalhos da Frente Parlamentar Mista da Água, prefeitos paraibanos e integrantes da bancada federal da Paraíba. Amanhã (27), às 19h, a Frente já confirmou uma audiência com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Magalhães Occhi. “Como deputados, não temos o poder de ordenar despesas, assinar cheques, liberar recursos, mas temos o poder da pressão política, o conhecimento de como e onde procurar respostas e a solução das questões e é isso que nós vamos buscar em Brasília, no Ministério da Integração, com a bancada federal paraibana, na ANA e em todos os órgãos que tem a prerrogativa de liberar recursos para resolver os problemas que a Frente identificou”, destaca o deputado Jeová Campos, presidente da Frente.

Além, de Jeová os deputados Buba Germano, Frei Anastácio, Renato Gadelha, Janduhy Carneiro e Tovar Correia Lima estarão em Brasília, onde participarão de diversas audiências e ações, inclusive, com a participação de prefeitos de cidades paraibanas que estão enfrentando colapso no abastecimento e que estarão na capital federal, essa semana, participando da Marcha dos Prefeitos.

Jeová lembra que somente com a união dos poderes executivo municipal, estadual e federal a problemática da falta de água será resolvida. “Essa luta pela água potável deve mobilizar iniciativas de todas as esferas do poder público, além da sociedade. Com esse documento da Frente Parlamentar da Água temos subsídios para buscar as soluções necessárias não apenas para essa grave crise, mas, sobretudo encontrar um caminho sustentável de enfrentamento do problema, que seja capaz de assegurar o mínimo de segurança hídrica para os paraibanos, nos próximos 30 anos”, comenta Jeová Campos.


Assessoria 

Em Nova Floresta, Homem se envolve em acidente de moto nessa madrugada e seu estado é grave.


O senhor ‘Bastinho’ de Severino do calçamento, como é conhecido em Nova Floresta/PB, se envolveu em grave acidente durante a madrugada dessa terça-feira (26) e só foi encontrado pela manhã.

Segundo informações colhidas no Hospital de Nova Floresta, o acidente ainda é um mistério, pois a suspeita é que ‘Bastinho’, que estava pilotando a moto, teria atropelado um cachorro, que foi encontrado morto nas proximidades do local do acidente.

‘Bastinho’ foi encontrado pelo Presidente do Conselho Tutelar de Nova Floresta, Roque Rufino, que de imediato o levou para o hospital local.

No Hospital, ‘Bastinho’ passou por procedimentos médicos, realizados por Dra. Luzia e sua equipe que estava de plantão, mas devido à gravidade, uma equipe do Samu de Cuité foi acionada e entubou a vítima e realizou todo o trabalho de imobilização. O paciente foi acompanhado pela própria médica de plantão em Nova Floresta.

‘Bastinho’ estava com suspeita de traumatismo craniano e diversas escoriações pelo corpo e foi levado para o Hospital de Trauma em Campina Grande/PB.


Fonte: 89 Fm

PICUÍ: Cidadão é assaltado na zona rural do município.

Imagem ilustrativa
Por volta das 17:00 horas desta segunda feira (25), o senhor Antonio Márcio Lima da Silva, foi vítima de assalto ocorrido na comunidade rural ‘lajedo grande’.

Segundo a vítima, o mesmo seguia em sua moto por uma estrada carroçável, quando foi abordado por dois desconhecidos, numa moto, usando capacetes e de revolver em punho, o carona anunciou o assalto e pedia que não olhasse para seus rostos. A vítima sem reação entregou sua moto Honda CG 125 –Titan, vermelha, ano 2001/2002 – placa MXO 4669 RN.

Os meliantes perguntaram ainda se a moto estava com gasolina suficiente pra chegar ao trevo de Cuité e a vítima disse que sim, tinha bastante gasolina.

Mas, ao colher informações na comunidade, Antonio Márcio soube que os meliantes subiram a serra com destino a Nova Floresta e pede a quem tiver alguma informação sobre o destino dessa moto ligar para 9669:7891 – 9684:1765 – falar com Etin, ou ligar para delegacia de Polícia de Picuí 0**83 3371:2324.

Numa rede social a vítima se expressou sobre o ocorrido:  

Passei por um momento que não desejaria pra ninguém, nem para o meu pior inimigo. Eu estava mim deslocando da casa do meu pai até a casa de um colega meu, quando dois elementos armados em uma moto mim abordaram com bastante agressividade. Então no momento fiquei sem saber o que fazer, fiquei muito nervoso e com bastante medo, mas mesmo assim deus mim deu forças para não demostrar naquele momento tão apavorante o meu desespero. Só eu e deus naquele momento sabia o que eu estava sentindo. É muito triste você ficar a frente de uma pessoa armada lhe dando pressão. Eles levaram a moto mais mim deixaram vivo, isso é o que importa. A moto eu vou trabalhar e comprar outra, porque deus mim da forças todos os dias para caminhar de cabeça erguida. Então eu só tenho a agradecer por estar aqui para contar esse momento crítico que passei” – disse a vítima.


Francisco Araújo

PICUÍ: Moto furtada do PS é encontrada embaixo da ponte.


Por volta das 20:00 horas desta segunda feira (25) uma moto foi furtada no bairro Pedro Salustino em Picuí.

O senhor Eduardo Fernandes estacionou sua moto Honda 125 de cor vermelha ano 93, em frente a sua residência, entrou, deitou por pouco tempo, mas adormeceu.  Algum tempo depois voltou e não mais encontrou sua motocicleta.  A polícia foi informada do fato, realizou diligencias e após colher algumas informações nesta terça feira (26), conseguiu localizar a moto debaixo da ponte sobre o rio Picuí, com o pneu dianteiro queimado.


Agora a policia civil investiga o caso pra descobrir quem cometeu o delito.

Francisco Araújo

Fotos: Tenta Vicente

MPF busca indícios de pagamento de propina na exploração do pré-sal.


Os procuradores que investigam denúncias de desvio de dinheiro da Petrobras, na Operação Lava Jato tentam descobrir se houve pagamento de propina na construção de navios para a exploração do pré-sal. Um depoimento do ex-diretor da construtora Engevix, Gerson Almada, pode ser um dos motivos para abrir uma nova investigação.

O conteúdo do depoimento foi divulgado pelo jornal "O Estado de S.Paulo" e o Jornal Nacional também teve acesso aos documentos. Neles, consta que Almada descreveu um contato com a empresa Sete Brasil, uma companhia que tem a participação da Petrobras e de fundos de pensão, além de bancos. Segundo o ex-diretor da Engevix, a empresa foi procurada pela Sete Brasil para construir três navios-sonda no estaleiro Rio Grande. A unidade é controlada pela Engevix.

O mediador desse contato, segundo Almada, foi o empresário Milton Pascowitch, um dos suspeitos de ser operador de propina nos contratos da Sete Brasil. A empresa tinha o ex-gerente de Serviços da Petrobras, Pedro Barusco, como diretor de operações. Barusco fez acordo de delação premiada com a Justiça e já devolveu mais de US$ 100 milhões aos cofres públicos, que foram desviados de contratos fraudulentos entre a estatal e empreiteiras.

Almada relatou que Pascowitch recebeu uma comissão entre 0,75% e 0,9% do valor total da construção dos navios-sonda. Os contratos custaram cerca de R$ 2,4 bilhões à Petrobras. O Ministério Público Federal acredita que essa comissão paga a Pascowitch, na verdade, era um pagamento de propina.
Pascowitch passou a ser investigado após o depoimento de Barusco à Justiça. O ex-gerente da Petrobras afirmou que o empresário desempenhou o papel de operador da propina nos contratos entre o estaleiro comandado pela Engevix e a Petrobras. Parte das quantias pagas ao empresário foram parar em contas no exterior do próprio Barusco.
Almada também falou a respeito do pagamento de comissão para Pascowitch, pela construção de cascos de plataformas de perfuração para o pré-sal. Barusco havia citado um suposto pagamento de propina nesse contrato.

Pascowitch preso
Milton Pascowitch está preso em Curitiba desde o dia 21 de maio. Ele foi detido na 13ª fase da Operação Lava Jato e deve ser ouvido ainda nesta semana pela Polícia Federal.
Em nota, a atual direção da Sete Brasil diz que, desde maio de 2014, auditorias externas apresentaram que os contratos estavam dentro da legalidade e com preços praticados pelo mercado. Os diretores dizem ainda que têm todo o interesse de ver os fatos esclarecidos.

Por fim, a Sete Brasil lembra que Pedro Barusco se afastou da empresa por motivos de saúde, em agosto de 2013 e que, desde 2014, não são mais executivos da companhia.

A advogada de Pedro Barusco afirmou que o cliente reitera todas as declarações do acordo de colaboração premiada. A Engevix declarou que está prestando os esclarecimentos necessários à Justiça.


Os advogados de Milton Pascowitch e Gerson Almada não quiseram se manifestar.

G1

Mortos e alunos de alta renda tiveram bolsas do Prouni, aponta auditoria.


Uma auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) aponta que ao menos 47 alunos do Programa Universidade para Todos (Prouni), gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), tiveram bolsas de estudo pagas pelo governo federal após sua morte.

A auditoria, cujo relatório foi publicado em março de 2015, considerou dados do período entre 2006 e 2012. Ela avaliou os dados de mais de 1 milhão de bolsistas do Prouni.

O G1 procurou o MEC e aguarda posicionamento da pasta.

Entre 2006 e o primeiro semestre de 2012, os auditores encontraram 3.800 estudantes beneficiados apesar de não se enquadrarem nos critérios de renda do Prouni e outros 12.052 que receberam a bolsa de estudos sem ter estudado em escola pública ou como bolsista em escola particular.
O Prouni é um programa federal que concede bolsas de estudos integrais ou parciais em instituições particulares para estudantes de baixa renda oriundos de escola pública ou bolsistas de escola particular.

Na primeira edição de 2015, o programa ofertou 213.113 bolsas — 135.616 integrais e 77.497 parciais. Mais de mil instituições de ensino superior participam do programa.

Fragilidades na fiscalização
O relatório da CGU aponta fragilidades na fiscalização dos critérios de seleção do Prouni. Para verificar se havia bolsas pagas para estudantes mortos, a auditoria cruzou os dados dos beneficiários com o Sistema Informatizado de Controle de Óbitos (Sisobi).

A falha no pagamento de 47 bolsas para alunos mortos foi constatada na análise de matriculados em 2011. Eles apareciam como regularmente matriculados, mas já estavam mortos. Um deles faleceu antes mesmo de se tornar bolsista.
Ao verificar se os estudantes com bolsa tinham cursado o ensino médio em escola pública ou como bolsistas de escola particular, conforme preveem as regras do programa, a CGU aponta que 12.052 candidatos receberam bolsa apesar de terem afirmado no formulário que não preenchiam essas condições.
No início de 2012, 33 dos 179,6 mil bolsistas que ingressaram no Prouni cursaram algum ano do ensino médio em escola particular sem bolsa, o que impediria a disputa de bolsa paga pelo governo.

Alta renda
A CGU considerou ainda se os alunos que recebiam bolsas integrais participavam do grupo com renda familiar de até um salário-mínimo per capita. O relatório indica que, de 2006 ao primeiro semestre de 2012, 3.800 candidatos que não se enquadravam nas regras de renda para participar do programa como bolsistas integrais.
Outros 621 tinham renda familiar superior a três salários-mínimos per capita, valor máximo para receber bolsa de 50% do Prouni.
O relatório critica o fato do sistema não verificar rotineiramente a renda familiar. "Assim, não é possível que o sistema calcule se o bolsista continua dentro da condicionalidade renda ou se houve um substancial aumento socioeconômico (condição obrigatória de encerramento de bolsa)."
A auditoria também cruzou os dados oferecidos pelos bolsistas com informações da Rais (Relação Anual de Informações). O relatório indica que, em 2011, 18.895 bolsistas tinham renda familiar maior na Rais que a informada no sistema do programa de bolsas.
"Os resultados apresentados evidenciam que as informações relativas à renda do grupo familiar apresentadas pelos candidatos não são fidedignas, ocasionando a concessão de bolsa a candidato sem perfil de renda", aponta o relatório.
A CGU indica que o Ministério da Educação vincule o sistema do Prouni com a base de dados de CPF da Receita Federal para que esse tipo de divergência não seja possível.

Conclusão do relatório
A auditoria apontou que o sistema de gestão do Prouni tem "rotinas adequadas", mas sugere aprimoramento. Não foram divulgados valores dos eventuais prejuízos para o governo federal.

"No que concerne aos mecanismos de supervisão e controle do Sisprouni, embora os resultados demonstrem que o sistema apresenta rotinas adequadas de realização de críticas, verificaram-se fragilidades, tendo em vista a existência de inconsistências em sua base de dados concernentes à ausência de preenchimento de campos essenciais de identificação do bolsista, bem como registros relacionados aos critérios de elegibilidade exigidos pelo Programa", afirmou o relatório.


G1 

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros resgatam carro submerso em açude da região da Borborema.


Os mergulhadores de resgate do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) atenderam, na manhã desta segunda-feira (25), uma ocorrência envolvendo um carro que afundou em um açude localizado em Lagoa de Roça, a 20 quilômetros de Campina Grande.  A equipe foi acionada quando se dirigia para uma instrução prática com os alunos do Curso de Mergulhador Autônomo de Resgate (Cmaut), em Campina.

Conforme o chefe do Departamento de Operações de Mergulho de Resgate (Domar) e supervisor do Cmaut, tenente coronel Erik de Oliveira, havia dois ocupantes no veículo, no momento do incidente, mas ambos conseguiram sair antes que o veículo ficasse completamente submerso e não tiveram ferimentos. “O condutor foi desviar de uma colisão com uma motocicleta e acabou perdendo o controle do veículo e caindo em uma ribanceira com uma lagoa de cerca de cinco metros de profundidade”, detalhou.

Todo o trabalho de resgate do veículo feito pelos mergulhadores formados da corporação foi acompanhado pelos alunos do curso, que estão em fase final de formação. Conforme o tenente coronel Erik, a equipe passará esta semana por vários municípios da Paraíba, a fim de promover instruções práticas nos açudes do Estado.



O objetivo é simular ocorrências reais de busca de pessoas, embarcações, automóveis e outros objetos, nesses ambientes que são considerados de visibilidade restrita por conter obstáculos como galhos e cercas. Nessa viagem de estudos, estão previstas instruções nos açudes Coremas, Galante, Nova Olinda, São Gonçalo e Boqueirão.  Esses mananciais possuem profundidade que varia de 10 a 21 metros.

Curso de Mergulho – Este é o segundo curso realizado pelos Bombeiros da Paraíba na área de mergulho e a expectativa é continuar as qualificações com o intuito de aumentar o efetivo capacitado na área. A formação tem duração média de três meses, perfazendo uma carga horária total de 555 horas aula.

As disciplinas englobam habilidades técnicas tanto físicas quanto psicológicas necessárias à atividade de mergulhador de resgate. Entre elas estão: Teoria Geral do Mergulho, Mergulho Livre, Prática de Mergulho Autônomo Avançado, Emergências em Mergulho, Mergulho de Resgate, Náutica, Treinamento Físico para Mergulhadores, Salvamento Aquático, etc.



Ascom 

Professores da UFCG tomam decisão em relação à possibilidade de greve.


Os professores da UFCG decidiram nesta segunda feira de manhã (25/05) não aderir a greve nacional por tempo indeterminado da categoria, a partir do dia 28/05. A decisão foi tomada numa assembleia simultânea, realizada nos campi de Campina Grande, Sumé, Cuité e Pombal, sendo 178 contrários a adesão, 174 favoráveis e quatro abstenções.

A categoria deliberou que no dia 29/05 participará da Paralisação Nacional convocada pelas Centrais Sindicais contra o PL das terceirizações, a rejeição do projeto, as MPs 664 e 665, o ajuste fiscal.

Os professores também decidiram que enviarão um observador para participar do Comando Nacional da Greve e que reforçarão nos próximos dias as atividades de mobilização. Hoje (26), a partir das 14h, no Auditório da ADUFCG, acontecerá mais uma reunião da Comissão de Mobilização que reúne professores, técnicos-administrativos, estudantes e funcionários terceirizados da UFCG. Uma nova assembleia da ADUFCG será convocada depois de uma indicação do Comando Nacional de Greve.

No Campus de Cuité foram registrados 38 votos a favor da greve e 14 votos contra e uma abstenção. Em Sumé, foram seis votos favoráveis, cinco contra e duas abstenções. Em Pombal foram 26 votos a favor e nove contra. Em Campina Grande foram computados 150 contra a greve e 104 a favor e uma abstenção.

A assembleia foi uma das mais participativas realizadas pela diretoria da ADUFCG nos últimos meses e o seu resultado final demonstrou o grau de mobilização da categoria e sua insatisfação com a postura de descaso do Governo Federal em relação as suas reivindicações, já que nas últimas reuniões realizadas com representantes do ANDES-SN, nenhuma contraproposta a pauta protocolada pelo Sindicato em fevereiro foi apresentada e até o acordo firmado em 2014 sobre os conceitos da carreira docente foi desconsiderado.

Mesmo não aderindo à greve, nesse momento, a categoria decidiu que participará da Paralisação Nacional convocada por várias centrais sindicais contra o PL das terceirizações, a rejeição do projeto, as MPs 664 e 665, o ajuste fiscal. Uma reunião da Comissão de Mobilização prevista para acontecer amanhã definirá a programação da atividade na universidade.

Reivindicações
Além do reajuste linear de 27,3% para todas as categorias do serviço público federal, os docentes das universidades federais também reivindicam, a data base no dia 1º de maio, implantação de uma política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas salariais, paridade entre ativos e aposentados, direito de negociação coletiva, retirada das Medidas Provisórias 664 e 665 do Congresso

Os professores federais também lutam em defesa do caráter público de educação e a garantia da função social das IFE em prol da classe trabalhadora; reestruturação da carreira para o magistério federal, condições de trabalho, garantia de autonomia, valorização salarial para ativos e aposentados, e a luta contra a reforma da previdência – com a revogação das medidas provisórias 664 e 665.



Ascom

Interessados no concurso do CFO da PM devem se inscrever no Enem.


Os candidatos que pretendem concorrer ao Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar devem se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve as inscrições abertas nesta segunda-feira (25) até o dia 5 de junho. A PM utiliza o Enem como nota da etapa intelectual, primeira fase do certame.

O critério de avaliação teórica pelo Enem foi adotado pela Polícia Militar desde o ano de 2013, quando a Universidade Federal da Paraíba também passou a adotar a prova. A nota do exame na corporação serve como critério de classificação dos candidatos para as fases seguintes do concurso: Psicológica, Saúde, Física e Avaliação Social.

Além da inscrição do Enem, o candidato realiza também a inscrição na PM - que é referente às fases complementares do concurso. O edital deve ser lançado ainda esta semana, com número de vagas e outras informações.

A capitã Carla Marques, da Comissão de Divulgação do Curso de Formação de Oficiais, explicou que a inscrição no Enem é pré-requisito para que o candidato possa se inscrever no edital da PM. “A garantia da concorrência ao candidato só é feita com a realização da inscrição nos dois editais, do Enem e da Polícia Militar. O primeiro é pré-requisito obrigatório para a segunda inscrição junto à Polícia Militar, quando o edital for publicado. A inscrição na PM é para subsidiar as fases seguintes do concurso”, detalhou.

Carla Marques informou ainda que critérios exigidos no último edital continuam valendo, a exemplo da altura, idade e outros critérios técnicos. “São previsões de nossa legislação para o ingresso na instituição, portanto os interessados podem sim tomar como base as exigências do último edital”, pontuou.



Correio

'Tô muito mal; tentei me enforcar', diz homem que matou psicóloga no RN.


"Perdão, perdão, perdão. Estraguei minha vida". As palavras, repetidas quase que à exaustão, foram ditas na manhã desta segunda-feira (25) pelo ex-vigilante Carlos André dos Santos Cassimiro, de 29 anos (veja o vídeo acima). Chorando bastante, ele confessou ser o assassino da psicóloga Natália Tâmara Felipe Macêdo, de 24 anos, morta na última sexta-feira (22) na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Com facadas no pescoço, o corpo da moça foi enrolado em um lençol, colocado na mala de um carro e depois jogado em uma estrada de terra. Ela estava de vestido, mas sem calcinha.
Carlos se entregou à polícia no sábado (23) na cidade de Barcelona, distante 90 quilômetros da capital potiguar. Na manhã desta segunda-feira (25), ele foi levado ao Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) para a realização de exames toxicológicos e coleta de material que pode comprovar se a vítima também sofreu abuso sexual. Carlos André admite ter matado a moça, mas nega o estupro. "Eu não a estuprei. O exame vai dizer", afirmou.
Segundo o delegado Raimundo Rolim, responsável pelo inquérito, o material coletado vai ser confrontado com o materiais coletados da vagina e ânus da vítima. "Que é para termos certeza se realmente houve ou não penetração", explicou. "Já o teste toxicológico, é para sabermos se o suspeito está falando a verdade quando ele diz que estava drogado quando cometeu o crime", acrescentou.
Sobre a suspeita de estupro, Rolim revelou que Natália estava sem calcinha quando o corpo dela foi encontrado, e que uma calcinha foi achada dentro da caixa de descarga do vaso sanitário do banheiro da casa de Carlos André. "Por isso a nossa desconfiança e a necessidade de se fazer o exame de conjunção carnal. Se ficar comprovado que ele a violentou, será mais um crime para ele responder", destacou.
Ainda de acordo com o delegado, exames preliminares já mostraram que Natália, além de sofrer oito perfurações no pescoço, também teve o pescoço quebrado. “A perícia revela que ela sofreu pelo menos oito golpes, e que havia trauma em duas vértebras. Isso demonstra todo um requinte de crueldade. Por isso ele será indiciado por homicídio triplamente qualificado, pois agiu com extrema violência, não deu chance alguma de defesa à vítima, além de tê-la matado por motivo fútil”, pontuou.
Assim que chegou ao Itep, Carlos foi cercado pela imprensa. Enquanto aguardava para fazer os exames, ele falou sobre o crime. Inicialmente ficou calado. Depois, começou a chorar e a pedir perdão aos parentes de Natália. Em determinado momento da entrevista, chegou a dizer que está se sentindo muito mal e que tentou suicídio. "Estou muito mal. Tentei me matar. Tentei me enforcar", revelou. "Só eu sei o que estou passando. Perdão, perdão, perdão", acrescentou.
Desempregado, o ex-vigilante admitiu ter feito uso de drogas antes de cometer o crime. Contou que é viciado e que naquele dia havia cheirado cocaína. Contudo, ele ressalta que a culpa pela morte da psicóloga é só dele, e que não a matou por estar sob o efeito de entorpecentes ou alucinado. "Eu chamei pra ela ir lá em casa pegar umas frutinhas. Quando ela chegou, eu elogiei. Disse que ela estava bonita. Daí ela se assustou e começou a gritar. Eu segurei ela pelo braço pra dizer que não tivesse medo, que eu não iria fazer nada com ela. Ela começou a gritar socorro, socorro, socorro. E minha reação foi puxar ela. Eu fui dizendo calma, calma, calma. Aí tinha uma faca próximo. Ela pegou e desferiu uma facada no meu braço. Aí pronto, acabou", disse Carlos André, acrescentando que tomou a faca das mãos de Natália e que a esfaqueou no pescoço.
O suspeito também afirma que não premeditou o crime, que não tinha amizade com Natália e que a relação entre eles se limitava ao fato de a mãe da psicóloga trabalhar como babá da filha dele.

O crime
Natália Tâmara Felipe Macêdo (Foto), morava com a mãe na rua Iraci Pereira Machado, que fica ao lado do teatro municipal, no Centro de São Gonçalo do Amarante. Da residência da moça até a residência do suspeito, são quatro casas de distância. Depois de assassinada, o corpo da moça foi levado e deixado em uma estrada de terra que dá acesso ao distrito de Serrinha, na zona rural do município, por trás do Aeroporto Internacional Aluízio Alves.
“Fica a uns dois quilômetros de distância da casa do suspeito”, disse o delegado Raimundo Rolim, responsável pela investigação. Na casa do suspeito foram encontrados sinais de luta e havia sangue na cama dele. “A mãe de Natália trabalhava como babá, cuidando da filha do suspeito. Até pelo fato de a mãe dela cuidar da criança, ele conseguiu atrair a moça até a casa dele", acrescentou Rolim.
Após se entregar a polícia, Carlos André levou a polícia até a casa dele, onde mostrou onde havia escondido a faca que usou no crime. A faca, daquelas de serra usadas para cortar pão, havia sido enterrada no quintal da residência. 


G1 RN

ESPAÇO RESERVADO PARA A VINHETA DE SUA FESTA.

*