Home » » Na terra da carne de sol, Picuí precisa de um novo matadouro.

Na terra da carne de sol, Picuí precisa de um novo matadouro.


Populares residentes próximos ao matadouro público de Picuí voltaram a reclamar de mau cheiro. Uma ‘caixa de gordura’ que serve de passagem de água suja, provavelmente entupida, transborda e escorre a céu aberto. Nesta quinta feira (18), a reportagem do ClickPicui foi chamada ao local e constatou-se que além da caixa ter transbordado, um monte de cabeças de animais abatidos no local foram jogadas por trás do matadouro. Informações que recebemos foram que no momento não tem um recipiente adequado para armazenar as cabeças até um destino final, por isso foram jogadas ali, ‘prato cheio’ para os abutres.


Vale lembrar que em agosto de 2015, a prefeitura de Picuí se comprometeu com o Ministério Público, em construir um novo matadouro público dentro dos padrões exigidos pela legislação vigente, obedecendo aos limites da lei de responsabilidade fiscal, inclusive houve a celebração de um Termo de Ajuste de Conduta – TAC.

O procedimento licitatório deverá ser concluído até 1º de março de 2016.

O novo matadouro deverá ser construído em terreno próprio do município situado na rodovia PB 177, que liga Picuí a Nova Palmeira e deverá entrar em funcionamento até o dia 1º de novembro de 2016, desativando o atual.

O não cumprimento das cláusulas previstas no TAC implicará em multa pessoal ao prefeito do município no valor de R$ 50 mil, acrescidas de R$ 1 mil por dia de atraso.

Clique Aqui e veja a matéria publicada no site do MPPB, fonte de informações complementares desta matéria.




Francisco Araújo 
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário