Home » » Acidente com vitima fatal próximo ao 'rio dos tanques' em Picuí. PB 137.

Acidente com vitima fatal próximo ao 'rio dos tanques' em Picuí. PB 137.


Na manhã desta sexta feira (11), um acidente gravíssimo com vítima fatal aconteceu na PB 137, nas proximidades da ponte do “rio dos tanques”.

Informações chegadas a nossa redação dão conta que um senhor que viajava na garupa de numa moto caiu e uma caçamba que vinha logo atrás passou por cima do mesmo. A vítima fatal foi o senhor José Ricardo da Silva, 80 anos, aposentado, mais conhecido em Picuí por “cara suja”.

Segundo uma filha, seu “cara suja” residiu na zona urbana, mas todo dia viajava para um sitio de sua propriedade na região da caatinga. Ele viajava com o filho e imagina-se que o mesmo passou mal e caiu vindo a ser colhido pelo veículo de grande porte.  

Uma equipe do Samu ainda foi acionada mais nada pode fazer, o corpo foi dilacerado. As imagens são fortíssimas, por isso colocamos alguns efeitos e não publicamos as demais.

A policia foi acionada para preservar o local do fato.

ATENÇÃO: 

De acordo com informações publicadas pelo Picuí Hoje, repassadas pela Polícia Militar, o fato aconteceu quando pai e filho seguiam sentido Picuí/Campina Grande, para uma propriedade da vítima localizada na região da caatinga município de Picuí-PB, quando o filho que pilotava a motocicleta teria mudado a direção para entrada que dá acesso ao sítio do pai sem dá sinal, o motorista buzinou muito, mas não entende como eles continuaram e infelizmente não conseguiu evitar o choque com a traseira da moto. O filho da vítima saiu ileso, pois conseguiu se segurar fortemente no guidão da moto. A caçamba estava carregada com material para uma cerâmica que produz telhas e tijolos existente nas proximidades do acidente.
Seu 'cara suja' (vítima fatal) com esposa, filhas e neta
Com duas versões apresentadas para o fato, a perícia definirá o que realmente provocou este trágico acidente.  


Francisco Araújo
Compartilhe: :

4 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de alertar sobre o risco que os condutores de motos correm quanto trafegam em velocidade muito baixa, tipo 40km/h. Eles acham que estão seguros, mas estão correndo perigo de serem atropelados. Para pirar a situação, quando percebem que um caminhão se aproximou, eles feriam. A maioria das vezes, essas motos não possuem luz de freio, quando percebemos que frearam temos imensa dificuldade para frear também, pois um veículo grande não pára em poucos metros.

Anônimo disse...

Acontece também de não esperarem o veículo passar e saírem na frente em baixa velocidade, nos obrigando a fazer malabarismos para frear ou defendê-los. Essas pessoas precisam ter noção que andar devagar não é seguro, pois além de aumentar o risco de serem atropelados, ainda obriga os motoristas a fazerem ultrapassagens perigosas em curvas e lombadas para defendê-los. Andando a 80km/h esse problema praticamente desaparece, pois fornece o tempo de reação necessário para o s outros usuários da via.

Anônimo disse...

Acontece também de não esperarem o veículo passar e saírem na frente em baixa velocidade, nos obrigando a fazer malabarismos para frear ou defendê-los. Essas pessoas precisam ter noção que andar devagar não é seguro, pois além de aumentar o risco de serem atropelados, ainda obriga os motoristas a fazerem ultrapassagens perigosas em curvas e lombadas para defendê-los. Andando a 80km/h esse problema praticamente desaparece, pois fornece o tempo de reação necessário para o s outros usuários da via.

Edijoelma Dantas disse...

Acredito que neste local do acidente a velocidade devia ser controlada por radares , os motoristas de caminhão andam em alta velocidade e a carga , devido ao grande peso não conseguem freiar eficientemente. Muitos acidentes minha gente neste local , algo deve ser feito.

Postar um comentário