Home » » DE NOVO: Quadrilha faz reféns e ataca agência bancária fechada há três meses na PB.

DE NOVO: Quadrilha faz reféns e ataca agência bancária fechada há três meses na PB.

Estrutura da agência ficou parcialmente destruída após mais uma explosão 
Um grupo de 10 homens fortemente armados participaram da explosão de caixas eletrônicos de uma agência bancária de Serra Branca, no Cariri paraibano, na madrugada desta quinta-feira (3). O detalhe é que o banco estava sem funcionar desde novembro de 2015, quando foi atacado pela última vez, e teve as movimentações financeiras suspensas. Pelo menos seis pessoas foram feitas reféns durante toda a ação.

O ataque aconteceu por volta de 1h10. Os homens chegaram na cidade em dois veículos, uma Nissan Frontier de cor verde e uma Fiat Strada, já atirando para cima. Moradores que passavam pela rua no momento ficaram como reféns e foram forçados a retirar a camisa.

Segundo a Polícia Militar, os criminosos entraram na agência, instalaram os explosivos em um dos caixas e acionaram as dinamites. Após checarem que não havia dinheiro, os homens fizeram a mesma ação em outro equipamento e também não conseguiram encontrar dinheiro.

Testemunhas relataram à polícia que os próprios reféns disseram aos assaltantes que o banco não estava funcionando. O grupo ainda cogitou assaltar a agência dos Correios, mas desistiram, conforme relato de testemunhas aos policias militares.

De acordo com a Polícia Militar, os homens fugiram em direção a cidade de São José dos Cordeiros, abandonaram a Nissan Frontier na estrada e incendiaram o veículo. Foram feitas buscas na região, mas até as 7h ninguém foi preso. A PM também informou que apenas três policiais estavam em Serra Branca no momento do crime e por isso o confronto foi evitado.

Explosão em Massaranduba
Um caixa eletrônico de um posto de atendimento de um banco particular também foi explodido na madrugada desta quinta-feira em Massaranduba, no Agreste. De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), seis homens armados entraram no estabelecimento e detonaram o caixa. A PM não soube informar se o dinheiro foi levado. Depois do crime, os assaltantes fugiram para a cidade de Matinhas.




G1
Compartilhe: :

0 comentários:

Postar um comentário